Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

AGROCLIMA

publicidade

Chuva afeta tomate em São Paulo

10/06/2016 às 14:44
por Angela Ruiz
Atualizado 20/06/2016 às 22:34

Oferecimento

O início de Junho foi marcado por muita chuva no estado de São Paulo e os produtores de tomate podem enfrentar problemas com a qualidade do produto. Depois de um verão com menos chuva que o normal, o mês de maio também foi marcado por grandes volumes de chuva em algumas cidades que compreendem o cinturão verde paulista. Os produtores de tomate estão preocupados. 

 

Na cidade de Piracicaba, choveu no mês de maio 68,2 mm, sendo que a média é de 70mm, ou seja choveu o esperado para o mês. A média de Junho é 44mm e já choveu 169mm, ou seja, quatro vezes mais que a média do mês. 

 

Em Campinas, o fim de semana do dia 04 de Junho, foi marcado por chuvas intensas e o registro do fenômeno conhecido como microexplosão, que destruiu parte das plantações e também as estufas de tomate que protegiam a cultura. “Na minha propriedade, calculo um prejuízo em torno de R$ 50 mil, o que é muito para um agricultor. Vou ter que remover toda a área afetada e replantar”, afirma o produtor Wilson Yachouh. 

 

O agricultor explica que a umidade é muito prejudicial para o tomate, pois facilita o surgimento de pragas. “Para o cultivo, o clima ideal seria temperaturas médias em torno de 20ºC. Quando a fruta entra em contato com a água, pode ficar sujeita à doenças, por isso utilizamos as estufas”, afirma. 

 

 

De acordo com Josélia Pegorim, meteorologista da Climatempo, a explicação da pluviosidade excessiva está no aquecimento anormal da água do litoral da Região Sudeste. “A circulação de ventos sobre o Brasil também é um dos motivos, já que traz o ar úmido e quente da Região Norte e contribui para a formação de mais nuvens e chuva”, conta. 

 

Depois do enfraquecimento desta forte massa polar sobre o estado de São Paulo, a tendência é de elevação da temperatura. Para a segunda quinzena de Junho a previsão indica predomínio de tempo seco nas áreas produtoras do interior paulista. Na madrugada ainda pode fazer um pouco de frio com registro de névoa e nevoeiro no início da manhã em algumas cidades. Porém, as tardes seguirão quentes sem chuva o que possibilita o trabalho nas lavouras.

 

publicidade

ENCONTRE UMA LOCALIDADE

loading
publicidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

×
Ocorreu um erro ao enviar fazer seu cadastro. Por favor, tente novamente mais tarde!

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

Digite seu nome
Digite seu email