Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

AGROCLIMA

publicidade

Soja avança no centro-norte do Brasil

19/10/2016 às 10:45
por Redação
Atualizado 19/10/2016 às 22:05

Oferecimento

A quarta-feira será mais um dia com muita chuva e temporal em boa parte do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Os trabalhos de colheita do trigo e o plantio do arroz, milho e soja continuam paralisados. Algumas lavouras de trigo já começam a apresentar perdas na qualidade dos grãos, por conta do excesso de dias chuvosos e consequentemente altos índices de umidade.

 

 

Os modelos de previsão já sinalizam que a partir desta quinta-feira (20), o tempo volta a abrir no estado gaúcho. Mas mesmo com a diminuição da chuva e o tempo aberto as condições ainda não estarão plenas à realização do plantio, principalmente do arroz, pois como os solos estão extremamente encharcados, há necessidade de pelo menos cinco dias de sol para secar a cultura e as maquinas conseguirem novamente entrar no campo. Porém, esse intervalo não irá ocorrer já que um novo sistema de baixa pressão se forma e volta a provocar chuva sobre o Sul no próximo domingo (23). Vale ressaltar, que as chuvas não serão tão intensas, generalizadas e volumosas como está sendo registrado nesta semana. As chuvas voltarão a ter um padrão normal de intensidade, comenta o agrometeorologista Marco Antonio Santos.

 

Com o término do bloqueio atmosférico neste próximo final de semana, as chuvas aos poucos estarão retornando ao interior do Brasil de forma mais generalizada, atingindo áreas do Centro-Oeste, Sudeste e até mesmo do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia a partir do começo da próxima semana. Até lá, as condições ainda continuarão sendo para eventuais pancadas de chuvas isoladas entre essa quarta-feira (19) e o domingo (23). Assim, algumas áreas continuarão sendo beneficiadas, como a soja que deverá ser replantada enquanto outras áreas estão em pleno desenvolvimento e não apresentam nenhuma redução em seus potenciais produtivos. Vale ressaltar que o padrão meteorológico de chuvas irregulares e calor tem colaborado para um aumento no ataque de pragas como de lagartas.

 

Em São Paulo e em Minas Gerais, as lavouras de café e de laranja apresentam déficit hídrico já que a chuva muito irregular e a alta temperatura mantem uma condição desfavorável ao desenvolvimento das plantas. Mas como a chuva retorna ao longo da semana que vem sobre estes estados as condições irão melhorar bem nestes últimos dias de outubro.  Mas, será somente ao longo do mês de novembro que as chuvas irão manter um padrão mais regular e com bons volumes sobre toda a região central e norte do Brasil. Com um pequeno declínio nos volumes de chuvas no Sul, em especial no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

 

Você também pode gostar: 

Como será a chuva para a próxima safra na Região Sudeste do Brasil?

Safra 2016/2017 – é hora de La Niña

 

 

publicidade

ENCONTRE UMA LOCALIDADE

loading
publicidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

×
Ocorreu um erro ao enviar fazer seu cadastro. Por favor, tente novamente mais tarde!

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

Digite seu nome
Digite seu email