Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

AGROCLIMA

publicidade

Produtor de milho retoma plantio

20/10/2016 às 13:47
por Redação
Atualizado 20/10/2016 às 19:46

Oferecimento

Com o enfraquecimento do bloqueio atmosférico, uma linha de instabilidade conseguiu avançar sobre a metade sul de Minas Gerais, Goiás, metade leste do Mato Grosso, sudeste do Pará e em alguns pontos do Tocantins. Com isso, há previsão de que ao longo do dia ocorram pancadas de chuvas não só nestas localidades, mas também em vários outras regiões do Centro-Oeste, Sudeste e até mesmo do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. A chuva irá colaborar com os trabalhos de plantio e desenvolvimento das lavouras já plantadas. Mas vale lembrar que a chuva continuará na forma de pancada isolada.

 

Por isso, existe a necessidade de ter cautela ainda no plantio da soja e das demais culturas, sendo que as chuvas mais generalizadas, com grande abrangência só deverão ocorrer ao longo da semana que vem. Até lá, pancadas de chuvas isoladas continuarão sendo observadas. Atualmente o que se observa é o padrão no regime de chuvas associado à alta temperatura que causa a necessidade de replantio em algumas áreas de soja, além de beneficiar um maior ataque de pragas, como lagartas, alerta o agrometeorologista Marco Antonio Santos.

 

 

No Sul, onde as chuvas castigaram os produtores nesta semana, os volumes de chuva registrados superaram todo o volume previsto para a primavera.

 

No Rio Grande do Sul, mesmo com a diminuição da chuva e a volta do tempo firme produtores de arroz não conseguirão retomar o plantio, já que os solos continuam encharcados, impossibilitando a entrada das maquinas. Para a semana que vem o estado gaúcho e catarinense voltam a ter previsões para chuvas, o que poderá novamente manter uma condição desfavorável ao plantio. Além disso, para a colheita do trigo que está em pleno andamento, os produtores terão que acelerar os trabalhos, pois com o retorno da chuva mesmo que em volumes bem menores do que vistos nesta semana, as condições voltarão a ficar desfavorável o que pode gerar mais algumas perdas regionalizadas.

 

Para os produtores em fase de plantio das lavouras de soja e milho, o tempo mais firme possibilitará a retomada da atividade e com a previsão de novas pancadas de chuvas na semana que vêm, as condições se manterão favoráveis à germinação e desenvolvimento.

 

Você também pode gostar: 

Como será a chuva para a próxima safra na Região Sudeste do Brasil?

Safra 2016/2017 – é hora de La Niña

publicidade

ENCONTRE UMA LOCALIDADE

loading
publicidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

×
Ocorreu um erro ao enviar fazer seu cadastro. Por favor, tente novamente mais tarde!

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

Digite seu nome
Digite seu email