AGROCLIMA

Falta de chuva compromete plantio de soja, no MT

15/09/2011 às 17:06
por Redação

Oferecimento
As chuvas que caíram na quarta-feira no Mato Grosso afetaram as áreas agrícolas, mas o volume registrado ainda não foi suficiente para o plantio de soja de 2011/2012. Alguns agricultores já estão se arriscando mesmo sem previsão de chuva até o final do mês. O ideal é que os produtores iniciem suas atividades só quando as chuvas ficarem mais constantes. Hoje começa a semeadura no Brasil, iniciando pelo Mato Grosso que é o Estado onde há um maior plantio de soja. Apesar dos produtores já estarem começando o plantio agora com essas chuvas, a soja precisa de ar-umido para se desenvolver e essas chuvas só virão no final do mês de setembro e se regular em outubro. No ano passado por causa do La Niña, a chuva demorou a chegar e muitos produtores se arriscaram e tiveram conseqüências graves para a safra e para o mercado internacional que contava com a soja em janeiro. A falta de chuva atrasa também a plantação de algodão, uma vez que os primeiros agricultores a colher soja serão os primeiros a plantar a segunda safra de algodão, que precisa ser plantada no máximo no começo de janeiro para obter produto de qualidade. Os agricultores que vão plantar milho na segunda safra podem aguardar um pouco mais, pois o milho pode ser plantado entre janeiro e fevereiro, ao contrário do algodão.

ENCONTRE UMA LOCALIDADE

loading

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

×
Ocorreu um erro ao enviar fazer seu cadastro. Por favor, tente novamente mais tarde!

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

Digite seu nome
Digite seu email