AGROCLIMA

Geada faz com que o preço da carne caia no norte e oeste do Paraná

14/07/2011 às 17:12
por Redação

Oferecimento
As geadas que caíram e as baixas temperaturas que atingiram o Norte e o Oeste do Paraná, e principalmente na Região de Umuarama, poderia encarecer a carne bovina, mas a ansiedade dos pecuaristas em vender o gado fez o preço da carne cair devido a grande oferta. A falta de pastagem pro boi comer faria com que ele emagrecesse e permanecesse no período de engorda até agosto, mas como os pecuaristas quiseram vender o gado mais rápido gerou muita oferta e o preço caiu, beneficiando o consumidor. Apesar disso, essa situação vai durar pouco, pois em 2 ou 3 meses, e o preço da carne deve voltar a subir por causa da falta de bois para o abate. Só vai sobrar gado confinado, alimentado por ração, e que não passa de 10% do total de gado. Outra preocupação são as queimadas nos capim que viram foco de incêndios e os custos com ração é muito caro. O que faz com que o pecuarista queira vender o mais rápido possível.

ENCONTRE UMA LOCALIDADE

loading

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

×
Ocorreu um erro ao enviar fazer seu cadastro. Por favor, tente novamente mais tarde!

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

Digite seu nome
Digite seu email