AGROCLIMA

Semana de pouca chuva na maior parte do Brasil

28/07/2014 às 10:24
por Aline Tochio

Oferecimento
Atualizado em 28/07/2014 Análise das condições do tempo no Brasil na última semana: Norte com mais calor, centro-sul com muito frio   * Na última semana uma intensa frente fria avançou pelo centro-sul do Brasil e novamente despejou uma grande quantidade de água sobre o Sul. Os acumulados quase chegaram a 100 milímetros no Rio Grande do Sul. Apenas o leste de Santa Catarina e do Paraná é que não tiveram muita chuva. * A formação de uma instabilidade antes da chegada da frente fria no Centro-Oeste também provocou muita chuva em Mato Grosso do Sul. A frente fria que passou pelo Sul chegou a influenciar o tempo também no Centro-Oeste e no Sudeste, e essa chuva que aparece no mapa abaixo foi causada pelo sistema frontal. *Além da chuva, a frente fria também trouxe uma forte massa polar, que fez as temperaturas despencarem no centro-sul do Brasil. Na madrugada de sexta-feira (25) houve registro de neve na serra de Santa Catarina. Campo Grande e Cuiabá tiveram a tarde mais fria do ano. Durante o fim de semana o ar polar ganhou força e provocou geadas quase generalizadas no Sul. * No Nordeste foi a vez do litoral da Bahia receber chuva, por causa dessas instabilidades que estão vindo frequentemente do oceano, trazidas pelo vento. * No Norte, como é esperado para essa época do ano, a chuva está diminuindo. Os volumes acumulados não passaram de 30 milímetros.   Figura 1: Chuva acumulada no período entre 21 e 27 de julho.   Previsão para os próximos dias no Brasil: Semana de pouca chuva na maior parte do Brasil.   * Nessa semana o predomínio será de uma grande massa de ar seco, que volta a ganhar força na maior parte do Brasil. Algumas instabilidades chegam ao Rio Grande do Sul, mas ficam bloqueadas. No sul gaúcho a chuva ainda é frequente nessa semana, mas com temperatura em elevação. A temperatura máxima vai subir no Sudeste e no Centro-Oeste por causa do tempo aberto, mas a temperatura mínima entra em declínio e alguns recordes de frio podem acontecer no final da semana no Sudeste. * A circulação marítima ainda vai favorecer a entrada de umidade no Nordeste, mas a chuva acumulada ainda é pouca. Os maiores volumes são esperados entre o litoral norte da Bahia e Sergipe. * Na região Norte a chuva será isolada e não muito volumosa. Todas as outras áreas do Brasil ficam sob influência da massa de ar seco, que provoca redução nos valores de umidade relativa do ar.   Figura 2: previsão de chuva acumulada entre 29 de julho e 02 de agosto.  

ENCONTRE UMA LOCALIDADE

loading

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

×
Ocorreu um erro ao enviar fazer seu cadastro. Por favor, tente novamente mais tarde!

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

Digite seu nome
Digite seu email