Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Colheita do café avança nas áreas produtoras

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

A presença de uma frente fria sobre o Rio Grande do Sul deixa o tempo bastante instável e com chuvas ao longo de todo o dia sobre todo o estado. A chuva tem inviabilizado qualquer tipo de trabalho no campo, sendo que em algumas áreas de várzea, já há pontos de alagamento. Mas como não há nenhuma cultura agora instalada, os danos são nulos. O tempo fechado e chuvoso deverá se manter inalterado durante todo o final de semana.

 

E por conta deste sistema, um corredor de umidade pode ser observado sobre a faixa oeste do Brasil e com isso, há previsões para eventuais pancadas de chuvas isoladas e de curta duração sobre as regiões oeste do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul, bem como sobre Rondônia e Pará.

 

O sistema deverá estar se deslocando a partir desta noite sobre os demais estados da Região Sul e com isso, o final de semana poderá ser também marcado por pancadas de chuva sobre Santa Catarina e Paraná. Vale ressaltar, que todo o estado catarinense está sujeito a pancadas de chuva e ventos fortes com possibilidades para queda de granizo.

 

Reduza os prejuízos com o monitoramento de tempestades. Saiba como aqui  

 

Nas demais regiões produtoras do Brasil, como Sudeste, Centro-Oeste, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia a previsão é de tempo aberto e sem chuva, até o fim de semana. O tempo firme vai permitir que os trabalhos de colheita da soja, feijão, cana de açúcar e do café transcorram sem grandes problemas. Contudo, o plantio do trigo no Paraná poderá sofrer paralisações momentâneas, sem danos a cultura, principalmente no domingo (28), por conta da frente que estará provocando pancadas de chuva.

 

Conheça a análise de volume de chuva para sua área produtora

 

Este padrão meteorológico deverá ser observado também ao longo da próxima semana. São esperadas novas pancadas de chuva sobre o Sul do Brasil, mais especificamente sobre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Para as demais áreas do Brasil, a tendência é de tempo firme e sem previsão para chuva, o que é favorável para as culturas do milho 2ª safra, algodão, café e cana de açúcar, já que os solos estão com níveis bastante satisfatórios de umidade, conferindo excelentes condições ao desenvolvimento das lavouras e sem o excesso de umidade. A qualidade dos grãos, pluma e ATR melhoram.

 

Temperatura

Com relação ao frio, não há perspectiva de frio intenso até o dia 31 de maio que possa ocasionar geada no centro-sul do país. Mas as madrugadas continuarão com temperaturas mais amenas enquanto o dia continuará quente. 

 

Veja tambémprevisão do tempo para 15 dias com análise do estado e impacto das condições previstas na cultura

Porque as previsões de clima são sempre trimestrais? Saiba como você agricultor pode transformar a previsão de clima em informação útil.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias