Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Colheita da cana avança nas áreas produtoras

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

O dia amanheceu com formação de geada em grande parte do território gaúcho e catarinense. A presença de uma massa de ar polar provocou o declínio acentuado das temperaturas ao longo da madrugada. Os termômetros em muitos municípios chegaram a marcar valores próximos de 1°C. Porém, todo esse frio não atingiu as áreas produtoras de milho safrinha, café e cana de açúcar, mas afetou áreas de pastagens. A previsão é que a próxima madrugada continue bastante gelada nos dois estados, mas a temperatura aos poucos entra em elevação.

 

Previsão do tempo para 15 dias com análise do estado e impacto das condições previstas na cultura

 

Nesta quarta-feira (21), apenas uma ou outra área pontual irá ter formação de geada, o que nessa época do ano é até bom para os produtores de grãos dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, já que permite um controle natural de pragas e esporos. Além disso, como o trigo e demais culturas de inverno estão em fase inicial de desenvolvimento, o frio mais intenso não chega a provocar perdas.

 

Ao longo da semana, não há previsão de que o frio todo possa vir atingir áreas produtoras de milho, café e/ou cana de açúcar. O tempo permanece aberto e sem previsão de chuva durante toda a semana em grande parte do Brasil.

 

Análise de volume de chuva para a área produtora

 

Nesta terça-feira (20) pode chover de forma isolada sobre o norte do Paraná, sul e leste de São Paulo, mas mesmo assim, serão pancadas de chuva de curta duração e não irá afetar o desenvolvimento e a produtividade das lavouras. Porém não dá para descartar paralisações momentâneas nos trabalhos de colheita.

 

Com o tempo seco, a colheita do milho safrinha, algodão, café e da cana de açúcar avança ao longo da semana. Mas vale lembrar que devido as fortes e constantes chuvas no mês de maio, o milho, está sendo colhido com altos índices de avarias o que ocasiona depreciação do produto. Em percentual menor, café e cana também apresentar perda e os produtores se queixam da qualidade de seus produtos. A boa notícia é que como não há previsão de mais chuva as condições irão melhorar para a qualidade dos grãos.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias