Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Baixa umidade no solo preocupa produtor de trigo

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

A frente fria já se encontra sobre o sul do Rio Grande do Sul na manhã de sexta-feira (11) e com isso, já provoca chuvas em diversos municípios gaúchos. Aos poucos este sistema avança sobre todo o estado e provoca chuvas generalizadas tanto no Rio Grande do Sul, quanto em Santa Catarina. No Paraná as chuvas também irão ocorrer, mas será entre o domingo e a segunda-feira e alivia um pouco a situação das lavouras de trigo, que vem sentindo os efeitos negativos do baixo índice de umidade do solo.

 

Receba o boletim semanal sobre a quantidade de água disponível no solo

 

Essa mudança brusca na temperatura das águas do Oceano Pacífico, manteve uma condição bastante desfavorável à formação de nuvens de chuvas no Sul do Brasil no começo de inverno e prejudicou muito as lavouras de trigo causando perdas de produtividade irreversíveis neste ano.

 

Também há previsão de que possa vir a ocorrer algumas pancadas de chuva sobre a faixa oeste do Mato Grosso tanto na sexta-feira quanto nos próximos cinco dias e é por conta do avanço desta frente fria pela Região Sul e São Paulo durante o período.

 

Análise de volume de chuva para a área produtora

 

Próximos dias

Na metade da semana que vem, novas áreas de instabilidade avançam pela região Sul e parte do Sudeste o que irá trazer mais chuva para o Sul, Sudeste e também em parte do Mato Grosso do Sul e faixa oeste e extremo sul do Mato Grosso.

 

Essas chuvas de um lado melhoram as condições ao desenvolvimento das lavouras de trigo, mas por outro, atrapalham os trabalhos de campo, como colheita e preparo do solo. Mas mesmo com essa paralisação na colheita, não há risco para danos ou perdas nos índices de produtividade e/ou qualidade, exceto a faixa oeste do Mato Grosso, que poderão registrar perdas de qualidade em áreas produtoras de algodão.

 

Temperatura

Com relação a frio, os modelos não indicam nenhuma massa de ar polar de forte ou até mesmo de moderada intensidade para esses próximos 10 dias. Com isso, as temperaturas continuarão seguindo o mesmo padrão dessas últimas semanas, sem riscos para formações de geadas.   

 

Veja também: Supersafra de grãos aumenta 

Conecte sua estação meteorológica e tenha previsões ainda mais precisas. Quer saber como? Clique aqui  

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias