Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Chuva inviabiliza colheita do milho safrinha

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

5 min de leitura

A passagem de uma frente fria pelo Sul do Brasil no final de semana provocou chuva em diversas localidades da Região Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Para as regiões produtoras de trigo, essas chuvas além de elevar os níveis de umidade do solo, também proporcionaram a manutenção da umidade e consequentemente melhores condições ao desenvolvimento das lavouras de trigo.

 

No Paraná, as chuvas atrapalharam o pleno andamento da colheita de milho safrinha, mas até o momento não houve relatos de perdas tanto de produtividade quanto de qualidade dos grãos. O mesmo aconteceu no Mato Grosso do Sul, São Paulo e sul de Minas Gerais. Porém, nestes estados além do milho, a chuva também inviabilizou a colheita da cana de açúcar e do café. Para o café a perspectiva é que essas chuvas venham a induzir o florescimento de algumas lavouras, o que poderá ser um grande problema para a safra 2018, já que não há previsões de chuvas tão regulares para essas regiões ao longo das próximas semanas.

 

Previsão do tempo para 15 dias com análise do estado e impacto das condições previstas na cultura

 

Algodão

 

No Mato Grosso, a chuva atingiu novamente áreas produtoras de algodão e afetou não só a qualidade das fibras, mas também a produtividade, uma vez que muitas destas plumas ficarão presas na planta e até mesmo cairão no solo. Um problema seríssimo, já que esse ano, as médias de produtividade estão altíssimas em diversas localidades.

 

Nesta semana, são esperadas mais chuvas sobre a faixa central do Brasil, principalmente hoje, dia 21 de Agosto, onde uma linha de instabilidade continuará atuando o que favorece a ocorrência de pancadas de chuva tanto no Mato Grosso, quanto em Goiás, São Paulo e Minas Gerais. Entretanto, a chuva será bem mais localizada. Para os próximos dias é favorável a retomada das atividades de colheita, preparo do solo, aplicações de insumos e até mesmo plantio em várias áreas produtoras do país.

 

Receba o boletim semanal sobre a quantidade de água disponível no solo 

 

Temperatura

Uma massa de ar de origem polar avança pela região Sul e Sudeste a partir desta segunda-feira, provocando o declínio acentuado das temperaturas mínimas. Em muitos municípios gaúchos e catarinenses a segunda-feira amanheceu com temperaturas extremamente baixas, sendo até mesmo relatados formações de geadas de fraca intensidade em alguns pontos. Não há relatos de que essa geada causou perdas do trigo, até porque, as temperaturas mínimas ficaram superiores a 2°C. Além disso, não há riscos para que venha ocorrer frio intenso nos próximos dias nas áreas produtoras de café e de cana de açúcar. Apenas serão observadas temperaturas mínimas um pouco mais baixas, mas sem nenhum risco para as culturas.

 

Previsão de temperatura do solo para 5 diasClique aqui.

 

As chuvas deverão retornar ao Sul do Brasil no fim de semana, quando uma nova frente fria estará avançando pela Região e provoca mais chuva no estado do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e parte do Paraná. Nas demais regiões do País, o tempo permanecerá aberto e sem previsão para chuva o que permite uma continuidade dos trabalhos de campo.

 

A chuva não deverá atingir as regiões Sudeste e Centro-Oeste e ficará concentrada apenas sobre a região Sul do Brasil, sendo que os modelos indicam um tempo mais seco para toda faixa central e norte do Brasil nas próximos duas semanas.

 

Veja também: Porque as previsões de clima são sempre trimestrais? Saiba como você agricultor pode transformar a previsão de clima em informação útil.

 

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias