Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Perspectiva de safra cheia para a América do Sul

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Áreas de instabilidade associada à presença de uma frente fria sobre a região Sudeste mantém o tempo instável e com possibilidade para ocorrência de pancadas de chuvas a qualquer hora do dia em praticamente todas as regiões produtoras do estado do Paraná e das regiões Sudeste, Centro-Oeste, Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia, incluindo Rondônia e sul do Pará.

 

Em algumas localidades as chuvas previstas para esses próximos cinco dias poderão superar os 150 mm acumulados, principalmente sobre as áreas do Tocantins, norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, Bahia e regiões sul do Piauí, Maranhão e Pará. Além de manter os solos com bons níveis de umidade, esses altos volumes de chuva que estão sendo previstos para a faixa norte do país, poderão, infelizmente, trazer transtornos tanto ao meio rural quanto nas cidades, já que essas chuvas irão ser acompanhadas de fortes rajadas de vento e até mesmo possibilidade para queda de granizo.

 

Já no Sul, o tempo seguirá aberto e com possibilidades apenas para eventuais pancadas de chuvas no Paraná e Santa Catarina o que mantém uma condição tranquila ao desenvolvimento das lavouras. Após o dia 16/12 é que há previsão de chuva mais volumosa e até mesmo bastante generalizada sobre toda a Região Sul, incluindo as áreas produtoras da Argentina, que hoje apresentam estresse hídrico, pela falta de chuva grossa e frequente.

 

Assim, ao longo desse mês de dezembro, apesar de algumas inconsistências no regime de chuva sobre algumas áreas produtoras, principalmente no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e na Argentina, o mês será marcado por chuvas relativamente boas em toda a América do Sul, uma vez que na 1ª quinzena do mês, as chuvas estarão mais concentradas na metade norte e na 2ª quinzena, sobre a metade sul. Ou seja, não há nenhum indicativo, até o momento, que mostre que tanto o excesso quanto a falta irá trazer problemas a produtividade das lavouras. Assim, as perspectivas ainda são de safra cheia em toda a América do Sul.

 

Leia também: Qual o impacto da La Niña para o produtor rural?

  

Veja como a informação meteorológica pode ajudar a tomar a decisão dentro do campo:

Previsão do tempo para 15 dias com análise do estado e impacto das condições previstas na cultura

Análise de volume de chuva para a área produtora

Visite o www.agroclimapro.com.br 

 

Acompanhe no Blog do Agroclima outras informações sobre culturas.  

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias