Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Falta de chuva prejudica lavouras de soja no RS

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Pelas imagens de satélite é possível observar muitas áreas de instabilidade sobre as regiões central e Norte do Brasil na manhã desta quarta-feira. Com isso, o dia será mais uma vez de tempo fechado e chuva a qualquer hora do dia em grande parte das regiões produtoras do Sudeste, Centro-Oeste, incluindo Rondônia, Maranhão, Piauí, Tocantins, Bahia e Pará. Já na Região Sul do país, a quarta-feira será de tempo aberto e sem previsão de chuva.

 

satelite-br20

 

As chuvas ininterruptas em grande parte da Região Centro-Norte já estão prejudicando todos os trabalhos de campo e dificultando a vida dos produtores. As aplicações de fungicidas são as mais afetadas, uma vez que tais condições meteorológicas mantém uma condição extremamente favorável à proliferação de doenças, como é o caso da ferrugem asiática da soja e a ferrugem no café.

 

Próximos dias

Para os próximos dias, o tempo deverá se manter mais estável sobre a metade sul do País, possibilitando a retomada das atividades de campo, bem como os trabalhos de colheita do feijão primeira safra no Paraná. Já na metade sul do Rio Grande do Sul, a ausência de chuvas regulares e, sobretudo, em bons volumes, já tem causado perdas localizadas em várias lavouras de soja. Para o arroz, ainda não há indicativos de perdas.

 

A previsão também indica mais chuva sobre o Norte do país para os próximos dias, sendo que no Sudeste, Mato Grosso, Goiás e no Mato Grosso do Sul a expectativa é de pancadas de chuva principalmente no período da tarde. Volta a chover com certa regularidade sobre as regiões produtoras do interior do Nordeste nesses próximos dias. As chuvas regulares e novamente ininterruptas só deverão retornar sobre as áreas produtoras das Regiões Sul e Sudeste, incluindo o sul do Mato Grosso do Sul, na metade da semana que vem.

 

Tendência

Para os meses de abril e maio, os modelos de previsão continuam sinalizando um abril com bons volumes de chuva durante a primeira quinzena do mês, com pancadas irregulares na segunda quinzena. Em maio, as pancadas de chuva devem ocorrer principalmente na primeira quinzena do mês. Essas condições são mais do que ideais para o desenvolvimento das lavouras de segunda safra.  

 

Por Marco Antônio Santos/Agrometeorologista

 

Leia no Blog do Agroclimapro outras informações e análises sobre as culturas 

Para saber maiores informações de como se planejar com antecedência e tornar o Clima seu grande aliado basta consultar www.agroclimapro.com.br

 

Veja como a informação meteorológica pode ajudar a tomar a decisão dentro do campo:

Análise de volume de chuva para a área produtora

 

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias