Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Colheita do milho é atrapalhada pela chuva

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Nesta quarta-feira (15) a previsão continua sendo de pancadas de chuva em grande parte da metade norte do Brasil. Entretanto, apesar da grande abrangência para ocorrências de chuva sobre a faixa norte, o padrão de pancadas ainda será irregular. A instabilidade já começa a preocupar, e muito, os produtores de algodão, pois ainda há muita lavoura a ser colhida e precipitações agora só irão prejudicar a qualidade das fibras. 

 

As demais regiões do país, contam com tempo aberto e sem previsão para chuva, devido à presença de uma massa de ar seco que está sobre toda a metade sul. Entretanto, áreas de instabilidade já começam a ganhar forças e entre hoje e quinta-feira (16) há previsão de que ocorra algumas pancadas de chuva também sobre o sul do Mato Grosso do Sul, oeste e norte do Paraná e sudoeste de São Paulo. Esse sistema deve avançar sobre São Paulo e Minas Gerais entre quinta (16) e sexta-feira (17), assim, irá provocar precipitações em diversas localidades dos estados e manter áreas de instabilidade ativas sobre o norte do país.

 

Apenas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina é que o tempo permanece firme e sem previsão para chuva. Somente entre o domingo (19) e segunda-feira (20), uma frente fria avança pela Região Sul e leva chuva generalizada à todas as áreas produtoras dos três estados. Com o retorno da chuva no Sul, o tempo volta a se firmar em toda metade norte, visto que a instabilidade só deve retornar novamente à essas localidades na 2ª quinzena de setembro.

 

Situação das lavouras

 

A chuva ainda prevista para ocorrer sobre as regiões Sudeste, Centro-Oeste e em vários pontos do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, durante esta semana, irá possibilitar uma manutenção, mesmo que mínima, dos níveis de água no solo. Com isso, irá garantir as boas condições ao desenvolvimento das lavouras, além de possibilitar um bom pegamento da florada do café, que vem ocorrendo em todas as áreas produtoras, bem como a do citros.

 

Para a cana-de-açúcar, apesar da chuva estar beneficiando o desenvolvimento das plantas, irá atrapalhar o pleno andamento da colheita e afetar a concentração de ATR, reduzindo assim, a produção de açúcar. A colheita do milho também deve ser atrapalhada, mas por outro lado, ajudará os produtores na realização da dessecação das ervas daninhas e demais culturas indesejadas para o plantio da nova safra de verão. As temperaturas não deverão cair tanto nos próximos dias, o que impede qualquer risco para ocorrências de geadas ou prejuízos as lavouras por estresse térmico.

 

Agrotalk: a nova plataforma sobre Clima e produtividade no campo

 

Leia no Blog do Agroclimapro outras informações e análises sobre as culturas 

 

Para saber maiores informações de como se planejar com antecedência e tornar o clima seu grande aliado basta consultar www.agroclimapro.com.br

 

Veja como a informação meteorológica pode ajudar a tomar a decisão dentro do campo:

Análise de volume de chuva para a área produtora

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias