Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Temperatura alta é desafio para a produção de leite no BR

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

2 min de leitura

Com a chegada das altas temperaturas, um grande desafio para a produção de leite é a queda na produção, que está diretamente ligada ao desconforto térmico das vacas. O efeito do calor sobre o rebanho pode levar a uma segunda questão: a acidez ruminal, outro problema que prejudica a saúde e também acaba influenciando nos resultados do produtor. 

 

Especialistas dos Estados Unidos estimaram que o estresse térmico custa à indústria cerca de US$ 900 milhões por ano.

 

Uma das soluções encontradas hoje no mercado são os aditivos para a ração que têm como principal objetivo a redução do estresse térmico, atuando como refrescantes e ao mesmo tempo mantendo os animais nutridos e com produção de leite eficiente. Os aditivos hoje encontrados no mercado ajudam a manter a hidratação celular das vacas e a limitar o aumento da temperatura geral do corpo. Dessa forma, os animais continuam aptos a produzir leite com a mesma eficiência que antes do calor.

 

Atualmente, a solução já é utilizada em outros países como Estados Unidos, França, Itália, Coreia do Sul, México, Peru e Rússia.

 

AgroclimaPro

 

Você conhece a campanha safra em Dobro do AgroclimaPro? 

 

Funciona assim: O cliente compra a 1ª safra (6 meses) e ganha a safrinha (+6 meses). 

Aproveite a promoção porque seu planejamento precisa estar em dia. Muito mais informação para ajudar você a tomar a decisão e garantir a rentabilidade de sua lavoura.

 

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias