Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Chuva beneficia milho safrinha entre MT, GO e DF

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Fonte: Istock

 

O frio continua no Sul com temperaturas negativas. Em Urupema, os termômetros marcaram nesta madrugada de quinta-feira, -3ºC com ocorrência de formação de geadas amplas na região, no planalto de Santa Catarina, região de Caçador. Em General Carneiro, a temperatura registrada foi de 1ºC, abaixo de zero. 

 

 

Vídeo imagens: Mycchel Legnaghi / São Joaquim Online 

 

De acordo com o meteorologista Celso Oliveira, existe um bolsão de ar frio bem restrito nesta região. Outros municípios com tradição e caracterizados pelo frio intenso, como por exemplo, a cidade de Guarapuava (PR) e o distrito Entre Rios (PR) registraram temperaturas hoje (29), de 6ºC, bem mais elevada. 

 

"Esse frio vem acontecendo em áreas com muita extração de madeira, áreas cultivadas com fruta de inverno e os efeitos negativos deste frio persistente para a agricultura são mínimos", relata Oliveira.  

 

 

Chuva beneficia milho safrinha

 

Outro destaque importante, são as nuvens carregadas sobre o norte de Mato Grosso e em algumas áreas de Goiás e Distrito Federal, nesta quinta-feira. No período entre 21h de ontem(28) e 7h da manhã de hoje (29), foram acumulados 20 mm de chuva na cidade de Serra Nova Dourada, de acordo com dados do Inmet.

 

Entre o Distrito Federal e a cidade de Posse houve registro de chuva, segundo do Cemaden. Em Nova Gama, foram acumulados 80 mm nas últimas 24 horas (período entre 7h da manhã do dia 28/04 e 7h da manhã de hoje 29/04). No mesmo período, Posse registrou 55 mm. As chuvas foram pontuais, mas beneficia o milho safrinha no campo. 

 

Próximos dias

 

A tendência é que essas temperaturas no Sul subam gradativamente nos próximos dias. A chegada de uma nova frente fria, ventos de norte e isso ajuda a aumentar a temperatura.     

 

Com relação a chuva no Centro-Oeste, não há expectativa de chuvas generalizadas. No Mato Grosso do Sul, interior de São Paulo e em algumas áreas agrícolas do Paraná pode ocorrer algumas pancadas neste fim de semana, mas são acumulados muito baixos e isolados e não vai conseguir colaborar o suficiente com o milho safrinha.

 

Na costa nordestina há condições para chuva forte durante os próximos dias. As capitais podem registrar transtornos. "Nas áreas agrícolas da Bahia, Sergipe e Alagoas a chuva irá contribuir com as culturas da cana de açucar, milho, feijão, soja e mandioca", prevê Oliveira.

 

Bloqueio Atmosférico

 

No período de 06 a 12 de maio, há uma tendência de bloqueio atmosférico. As frentes frias não tem energia para subir pelo interior do país, mas avançam pela costa. Por isso, neste período os maiores volumes de chuva serão observados entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, principalmente no litoral deste dois estados. 

 

Há também previsão de chuva forte neste período entre o leste e norte do Nordeste e no norte da Região Norte. A região central do país continua com tempo seco e temperatura alta e isso contribui para o aumento da evapotranspiração tanto no Sudeste, Centro Oeste e o norte do Paraná.

 

Por Celso Oliveira - Meteorologista 

 

 

Veja no Podcast Agrotalk: O Professor e pesquisador Fernando Braz Tangerino conta um pouco sobre o uso da irrigação eficiente no país e a possibilidade de desenvolver segurança hídrica.

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias