Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Chuva beneficia trigo, pastagem e cana

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

A segunda semana de junho começou com chuva mais espalhada pelo Brasil. Uma frente fria avança entre Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo trazendo pancadas de  chuva e trovoadas e a tendência para o decorrer desta semana é do retorno da precipitação justamente para o Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

 

Em Mato Grosso, Goiás, norte de Minas Gerais a previsão de chuva é baixa. O tempo seco predomina entre o norte de Goiás e o norte do Mato Grosso, por isso, a chuva não alcança todas as localidades da Região Centro-Oeste. 

 

A chuva forte fica concentrada no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e sul de Minas Gerais. Áreas produtoras de trigo, pastagem e cana serão beneficiadas. A precipitação irá colaborar com com o desenvolvimento das culturas de inverno que devem ser colhidas no segundo semestre.

 

Nas lavouras de café, a chuva prevista vai ajudar a diminuir o déficit hídrico, porém as primeiras pancadas acompanhadas de ventos e trovoadas podem eventualmente, provocar queda de grão e atrapalhar a secagem do café no terreiro.

 

O alerta é para o Sul, com expectativa de granizo para entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina no decorrer desta terça-feira com volumes altos de chuva entre o litoral do Rio Grande do Sul e o litoral de Santa Catarina nas próximas 48 horas.

 

Frio

 

No próximo fim de semana, as áreas mais altas da serra gaúcha e catarinense e o Paraná podem registrar geada, mas sem risco para as culturas. 

 

No período de 14 a 20 de junho, há uma tendência de chuva para o Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Novamente, a chuva mais forte fica concentrada no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul.

 

Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais segue com pouca chuva.

 

Destaque para o Norte e Nordeste do Brasil. As chuvas concentradas mais ao norte destas Regiões, como por exemplo, em Roraima vai ajudar a beneficiar o arroz e as pastagens.

 

No Nordeste, já houve registro de mais de 50 mm nas áreas produtoras de cacau de Ilhéus e a expectativa é de mais precipitações entre a Bahia e o Maranhão, ao longo dos próximos 15 dias. 

 

Agroclima PRO

 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações.

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias