Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Cana pode registrar quebra histórica, prevê UNICA

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

5 min de leitura

Foto: Istock

 

Perdas causadas por geadas e mais recentemente pelos incêndios, associadas a uma redução já prevista na área de plantio, devem levar o Centro-Sul à pior safra de cana-de-açúcar dos últimos dez anos, projeta o diretor técnico da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica), Antônio de Pádua Rodrigues.

 

A expectativa é de que a moagem nas usinas que representam a maior parte da produção sucroalcooleira do país tenha uma redução de 12% e atinja um patamar de 530 milhões de toneladas, 75 milhões a menos do que a moagem registrada na safra 2020/2021.

 

A quantidade de cana-de-açúcar processada pelas unidades produtoras do Centro-Sul alcançou 44,62 milhões de toneladas na 1ª metade de agosto, com retração de 4,20% sobre o valor apurado na mesma quinzena da safra 2020/2021 – 46,58 milhões de toneladas. O estado de São Paulo registrou uma moagem de 26,04 milhões de toneladas (-5,05%) e nos demais estados da região a quantidade processada alcançou 18,58 milhões de toneladas (-2,99%).

 

Desde o início do ciclo 2021/2022 até a primeira metade de agosto, a moagem acumula queda de 6,70%. Nesse período, a quantidade de cana-de-açúcar processada pelas usinas atingiu 349,46 milhões de toneladas, ante 374,57 milhões de toneladas mesmo período do último ciclo agrícola.

 

Em relação ao número de usinas em operação, 258 empresas registraram produção até dia 16 de agosto, contra 265 unidades industriais em igual data do último ano. Na última quinzena, uma nova unidade iniciou a safra.

 

Produtividade agrícola e qualidade da matéria-prima

 

No acumulado do ciclo agrícola atual a retração na produtividade agrícola é de 12,8%, com 86,1 toneladas por hectare registradas no último ano vis-à-vis a 75,1 t/ha observadas na safra atual. A primeira e segunda geada ocorrida nos meses de inverno afetaram cerca de um milhão de hectares, o que representa cerca de 11,9% da área disponível para colheita na safra 2021/2022, ou 26,9% da área a ser colhida até o final do ciclo agrícola atual.

 

O diretor técnico da UNICA, Antonio de Padua Rodrigues, explica que “a queda de produtividade mais intensa em julho e agosto já era esperada, pois nesse período foi colhida muita cana impactada pela geada. O fenômeno climático exigiu uma alteração significativa na dinâmica da colheita, prejudicando ainda mais o rendimento da lavoura colhida”. O executivo complementa dizendo que “em uma pesquisa realizada junto aos produtores da região Centro-Sul constatou-se que a oferta de cana-de-açúcar esperada para a safra 2021/2022 deve ser de 530 milhões de toneladas, com viés de baixa, tendo em vista o impacto ainda incerto da terceira geada e dos focos de incêndio que estão sendo observados nos últimos dias”.

 

A qualidade da matéria-prima na 1ª quinzena de agosto, mensurada a partir da concentração de açúcares totais recuperáveis por tonelada de cana-de-açúcar, registrou 150,35 kg de ATR por tonelada, com retração de 1,67% em relação aos 152,91 observados no ciclo passado. No acumulado desde o início da safra até 16 de agosto, o indicador de concentração de açúcares assinala 138,46 kg de ATR por tonelada de cana-de-açúcar, um aumento de 0,71% em relação ao valor observado o ciclo 2020/2021.

 

Fonte: UNICA - União da Indústria da Cana-de-Açúcar

 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias