Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Produtores de trigo iniciam colheita no RS

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

5 min de leitura

O cenário positivo para a safra de trigo no Rio Grande do Sul, com aumento de área e de preço foi o start para abrir oficialmente a colheita do cereal no estado.

 

De acordo com a Emater - RS, até o momento, as máquinas já colheram mais de 5%, ou seja, aproximadamente 60 mil hectares de uma produção estimada, em 3,59 milhões de toneladas.Puxado pela demanda aquecida, o preço do trigo subiu. A saca de 60 kg, em média, vale R$ 80,70. No mesmo período do ano passado o produto era cotado em R$ 62,13.

 

A confiança dos produtores no cereal elevou o trigo à principal safra de inverno, à frente da aveia branca grãos (799.714 t), cevada (129.934 t) e canola (55.672 t). A área cultivada com o grão no Estado superou um milhão de hectares, o que não acontecia desde 2014. Dos 915,7 mil hectares cultivados na safra do ano passado neste ano a área cultivada foi de 1.177.487 hectares.

 

Em que pesem perdas registradas, principalmente no Noroeste gaúcho, o cenário é "positivo", na avaliação de Tarcísio Minetto, coordenador da Câmara Setorial do Trigo, uma das 23 câmaras setoriais da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

 

"Se o Clima ajudar, podemos colher a melhor safra de trigo do Rio Grande do Sul, com a retomada do aumento de área e com preços interessantes", disse Minetto.

 

Em Cruz Alta, existem 23.400 hectares cultivados com o grão, crescimento de 30% em relação aos 18 mil hectares registrados pela Emater/RS-Ascar no ano passado. Segundo a extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Larissa dos Reis, a produtividade estimada para esta safra, no município, é 3 mil kg/ha.

 

Tendência do clima para o próximos dias

 

A qualidade do trigo gaúcho é boa, mas está no limite para começar a piorar pelo excesso de chuva. Com relação a temperatura baixa, a umidade do solo diminua lentamente na Região Sul o que dificulta a retomada dos trabalhos em campo.

 

Os produtores de soja estão cautelosos porque o risco de replantio é alto. As chuvas retornam com maia intensidade no próximo final de semana. Pode ser intensa, principalmente no sábado (23) sobre o norte gaúcho, Santa Catarina e Paraná, mas a chuva passa rápido com condições de tempo mais seco no domingo (24). A partir de meados da próxima semana, a tendência é que o tempo fique firme e volte a fazer calor no Rio Grande do Sul.

 

Cruz Alta, na região Noroeste, se destaca na produção de grãos

 

O gerente da Emater/RS-Ascar da região de Ijuí, Carlos Turra, mencionou que áreas tradicionais de soja, por exemplo, que neste ano devem corresponder a 92 mil hectares, poderiam voltar a plantar trigo. "Poderia, quem sabe, haver um avanço na área do trigo, já que há espaço para ampliação de área", analisou Turra.

 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações. 

 

Faça parte da maior comunidade AGRO!
O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte!

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias