Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Chuva para o Espírito Santo em Novembro

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Embora nos próximos dias as chuvas sobre o Espírito Santo não sejam expressivas e, de forma geral, a precipitação acumulada em Outubro sobre o estado tenha ficado abaixo da média Climatológica, os modelos numéricos de previsão do tempo, que resolvem a física envolvida nas variáveis atmosféricas e nos padrões de circulação, apontam para um período de chuva persistente e volumosa para meados de Novembro. Nas primeiras semanas de Novembro, no entanto, as chuvas continuam escassas.

 

- Aproveite para conhecer o Agroclima PRO, sistema online com informações climáticas geolocalizadas. Veja aqui

 

A passagem de sistemas frontais mais intensos interfere nos padrões de circulação local nos arredores do Espírito Santo e favorecem o aumento da cobertura de nuvens e a ocorrência de chuva, especialmente ao longo da costa. Normalmente o tempo mais nublado e úmido persiste por poucos dias após a passagem de uma frente fria em frente à costa capixaba, mas em circunstâncias especiais, o sistema frontal pode favorecer o estabelecimento de convergência de umidade, que flui do interior do país para o Oceano Atlântico por sobre o Espírito Santo, provocando chuvas persistentes e generalizadas por um maior período de tempo. 

 

Previsão de chuva acumulada para a próxima quinzena

 

Os modelos numéricos de previsão do tempo indicam que o total de chuva acumulada sobre o Espírito Santo na primeira quinzena de Novembro pode superar 100mm, especialmente ao longo da costa. Eles indicam também que a chuva mais volumosa e persistente ocorrerá apenas a partir do período entre os dias 10 e 14/11, através de uma faixa de chuva persistente que abrange também o sul da Bahia, o norte de Minas Gerais e do Rio De Janeiro

 

Previsão de chuva acumulada entre 10 e 14/11.

 

O longo período de chuvas rarefeitas sobre o Espírito Santo agrava o problema de abastecimento de água, sobretudo para a região metropolitana de Vitória, além de causar prejuízos ao setor agrícola e para a indústria de celulose do estado. Assim, chuvas persistentes que resultem em acumulados volumétricos elevados podem ser um alívio momentâneo que ajuda a amenizar o problema hídrico capixaba. 

 

Veja também

- [Ebook] El Niño e La Niña A história contada desde o início

- [Vídeo] Como se faz uma previsão de clima

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias