Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Umidade do solo favorece grãos

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

A quarta-feira (23) será de chuva em boa parte dos Estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Rondônia, Pará, São Paulo e Paraná. Em grande parte da região Sul, do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia o tempo fica firme com sol. A chuva sobre a faixa central do Brasil estará mantendo os solos com bons níveis de umidade, favorecendo bastante o desenvolvimento das lavouras, como soja, milho e feijão, café, citros e cana de açúcar.

 

Vale lembrar, que a chuva pode ocasionar uma paralisação momentânea do trabalho de colheita da cana, mas nada que venha trazer prejuízos ao setor. Até pelo contrário, estará beneficiando aqueles produtores que estão em pleno plantio, informa o agrometeorologista Marco Antônio Santos.

 

A tendência para os próximos dias é que a chuva fique mais concentrada sobre a metade sul do Brasil, devido ao avanço de novas frentes frias. No Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia e até mesmo no norte de Goiás e nordeste de Mato Grosso deverão ocorrer alguns períodos de chuva muito irregular que não deverá trazer fortes prejuízos para as lavouras. Vale ressaltar que não será uma total ausência de chuva.

 

 O que esperar da La Niña para a safra 2016/2017

 

No Sul, o retorno das chuvas neste final de semana irá aliviar bem o estresse hídrico e, portanto, elevar os níveis de umidade do solo o garante melhores condições ao desenvolvimento das lavouras. Contudo, a tendência é que não venham ocorrer um longo período de chuvas, apenas volumes suficientes para permitir uma melhora, mesmo que parcial, das condições ao desenvolvimento das plantas. 

 

Na faixa central do Brasil e em vários pontos do Sudeste e do Centro-Oeste a virada do mês mostra uma tendência para ocorrência de pancadas de chuva o que tornam as condições bastante favoráveis ao desenvolvimento das lavouras de soja, milho e feijão, bem como café, cana de açúcar e citros. 

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias