Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Colheita da soja em ritmo forte no MT, MS e PR

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Nesta quinta-feira (12), áreas de instabilidade atuam sobre grande parte das regiões produtoras do Sudeste, Centro-Oeste, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. O dia será marcado pela ocorrência de pancadas de chuvas em boa parte destas localidades, favorecendo o desenvolvimento das lavouras e garantindo um mínimo necessário de umidade no solo. Apenas o Rio Grande do Sul e Santa Catarina é que terão um dia com tempo aberto e sem previsões para chuvas.

 

Como as pancadas ainda ocorrem de forma irregular, não se pode descartar que uma ou outra microrregião ainda continuará sobre estresse hídrico, gerando perdas de produtividade. Mas de um modo geral, as chuvas irão ocorrer em quase a totalidade das regiões produtoras. “As condições se manterão favoráveis à realização da colheita da soja, que já vem ocorrendo em ritmo forte em todo o Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Paraná. Goiás deve iniciar os trabalhos na próxima semana”, comenta Marco Antônio Santos, agrometeorologista.

 

Como a previsão do tempo e do clima podem ajudar na produção do campo? 

 

Os próximos 10 dias continuarão sendo com chuvas em grande parte da região central e norte do Brasil o que possibilita a manutenção dos níveis de umidade do solo, garantindo condições razoáveis ao desenvolvimento de todas as lavouras, bem como a realização dos tratos culturais, já que não há previsão de que venham ocorrer nos próximos 15 dias períodos de inverna.

 

 

Com a paralisação das chuvas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, as condições se manterão favoráveis, já que a chuva ocorrida nos últimos dias elevou os níveis de água no solo. E, sobretudo, com a trégua nas chuvas regulares, os produtores poderão voltar ao campo e realizar os devidos tratos culturais.

 

Veja como está a quantidade de umidade disponível no solo da sua região? 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias