Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Solo encharcado preocupa produtor de algodão

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

O corredor de umidade que está sobre grande parte da região central e norte do Brasil, ainda mantém ativa muitas áreas de instabilidade.

 

 

A quinta-feira (09) segue com previsão de pancadas de chuva em praticamente todas as regiões produtoras de Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Minas Gerais, Bahia, Maranhão, Piauí e Pará.

 

As chuvas que estão sendo previstas continuarão sendo na forma de pancadas irregulares e muitas das vezes de forte intensidade, o que mantém uma condição desfavorável à realização da colheita da soja e posterior plantio do milho e algodão safrinha. Está difícil colocar as máquinas dentro do campo. Com o solo bastante encharcado o produtor encontra dificuldade para realizar o plantio. Há relatos e queixas em relação aos elevados teores de umidade observados nos grãos de soja o que pode resultar numa queda nos índices de produtividade.

 

Como evitar o risco climático nas lavouras

 

O padrão meteorológico deverá se manter inalterado ao longo dos próximos 15 dias. A grande notícia de hoje é que aquele período de invernada que vinha sendo previsto para ocorrer na semana que vem, não deverá ser tão longo quanto se havia previsto. Apesar de alguns fatores atmosféricos ainda persistirem em “dizer” que as condições estarão bastante favoráveis a ocorrência, esse período mais chuvoso em toda faixa central e norte do Brasil não deverá ser longo, no máximo de 3 a 4 dias, sendo que os maiores volumes de chuva e mais persistentes deverão ser observados na faixa norte do Brasil, extremo norte no Mato Grosso, de Goiás e de Minas Gerais, Tocantins e em boa parte do Nordeste e do Pará.

 

Nas demais localidades do Mato Grosso, Goiás e de Minas Gerais, bem como no Mato Grosso do Sul e em São Paulo, a tendência é que este padrão meteorológico se mantenha podendo até mais ao sul destas localidades ocorrerem alguns períodos de tempo firme sem chuva. Assim, a colheita da soja e o plantio das lavouras de 2ª safra irão prosseguir sem grandes interrupções como vinha sendo previsto.

 

Na hora de tomar uma decisão fique de  olho no alerta de risco de condições severas

 

No Sul, apesar da quinta-feira (9), ser de tempo aberto e elevação nas temperaturas, principalmente nas mínimas, há previsão para eventuais pancadas de chuva. Porém, de forma localizada. Durante o fim de semana a região da fronteira terá chuvas frequentes e em algumas áreas há risco de chuva forte.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias