Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Colheita da soja segue atrasada

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

As imagens de satélite mostram muitas áreas de instabilidade sobre a região central do Brasil. Pela manhã já foram observadas pancadas de chuva no Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

 

 

A ocorrência de chuva sobre os portos e em vários trechos da rodovia BR 163, no Pará mantem a situação bastante complicada para os caminhoneiros que transitam nesta rodovia. A situação não deverá se normalizar tão cedo porque a expectativa é de mais chuva ao longo desta semana.

 

No restante do Brasil, a semana será marcada por pancadas de chuva entre a tarde e à noite. Muitas vezes essas pancadas poderão vir com forte intensidade, podendo gerar transtornos não só aos produtores, mas também na área urbana. Os maiores volumes de chuva deverão ficar concentrados sobre os estados de Goiás, Minas Gerais, norte do Mato Grosso, Pará e Maranhão.

 

Qual a perspectiva de chuva para março? Já fez seu planejamento de colheita e decisão de plantio?

 

O avanço de uma frente fria também irá provocar chuvas fortes sobre o Rio Grande do Sul, ainda nesta semana. Como na grande parte dos dias, a chuva cai em forma de pancada, a tendência é que as condições se mantenham favoráveis ao desenvolvimento das lavouras, uma vez que os solos manterão bons níveis de umidade. A colheita da soja e o plantio do milho safrinha estão atrasados em muitas propriedades, por conta das chuvas ininterruptas ocorridas nesses últimos dias.

 

Soja: Como evitar o risco climático? 

 

As temperaturas continuarão altas em todo o Brasil e a previsão é de pancada de chuva sem causar danos às lavouras. Porém, alguns produtores, principalmente no Sul e Sudeste, relataram que por causa do aumento da temperatura nas últimas semanas, muitas plantas tem reduzido seu ciclo vegetativo, antecipando o período de colheita.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias