Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Colheita avança no MA, PI e TO

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

As áreas de instabilidade estão gradativamente se dissipando e ocorrem mais aberturas de sol ao longo desta terça-feira (07), em grande parte das regiões produtoras do Centro-oeste e do Sudeste. Porém, como os índices de umidade do ar ainda estão altos, não se pode descartar a possibilidade de que venham ocorrer pancadas de chuva, principalmente no período da tarde em todas essas localidades. Contudo, não será uma chuva generalizada e sim, pontuais o que permite, portanto, que os produtores consigam ir a campo e realizem os trabalhos de colheita e plantio mais rapidamente e, sobretudo, por mais horas durante o dia. Para os próximos sete dias, este será o padrão meteorológico para toda a região central do Brasil, tempo mais estável, com possibilidades apenas para pancadas de chuva.

 

Em grande parte da região Sul, do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia o predomínio é de tempo mais aberto o que torna favorável as atividades de colheita no campo. A partir desta quarta-feira (08), e na quinta-feira (09), uma nova frente fria estará avançando pelo Rio Grande do Sul. O tempo fica bastante instável e com condições para chuvas ao longo de todo o dia. Algumas localidades da campanha gaúcha e fronteira oeste ficam em alerta para grandes acumulados. A chuva será generalizada em todo o Estado e a tendência é que todas as atividades de campo sejam paralisadas. E esse padrão de tempo instável deverá permanecer até o final de semana.

 

Como evitar o risco climático dentro do campo? 

 

No Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia a previsão é de que o tempo firme e sem chuva continue até meados da semana que vem, quando voltam às condições para pancadas de chuva. Por enquanto, essa ausência de chuvas não está ocasionando nenhuma perda, pelo contrário, está beneficiando todas as atividades de campo, principalmente a colheita. Contudo, algumas propriedades podem registrar em um ou outro talhão com estresse hídrico, mas nada que possa gerar perdas significativas nos potenciais produtivos das lavouras.  

 

Evite perdas. Veja como a consultoria climática ajuda na tomada de decisão.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias