Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Produtor retoma colheita no Sul

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

A passagem de uma frente fria pela região Sul deixou o tempo instável e provocou chuva em diversas localidades produtoras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. A chuva atrapalhou a realização da colheita. Com o avanço deste sistema o tempo volta a abrir em boa parte da região nesta quinta-feira (06) o que possibilita a retomada das atividades de colheita do arroz, milho e soja.

 

 

A chuva deve retornar ao Rio Grande do Sul e Santa Catarina no próximo domingo (9), quando novas áreas de instabilidade entre o Paraguai e a Argentina conseguem avançar em direção a região. O tempo fica mais instável durante o início da próxima semana sem prejuízos aos produtores.

 

No Paraná e no Mato Grosso do Sul, o nível de umidade do solo é elevado o que beneficia as lavouras de milho safrinha, que vinham sentindo os efeitos negativos do tempo seco dos últimos 10 dias. Nesta quinta-feira (6), o tempo segue instável com possibilidade de novas pancadas de chuva ao longo do dia. Na sexta-feira (7), a instabilidade diminui e o sol aparece mais forte e somente no começo da semana que vem é que há previsão de chuva.

 

Análise da umidade do solo com 15 dias de antecedência

 

No Sudeste, mais precisamente em São Paulo e Minas Gerais, a quinta-feira (6), amanheceu com céu nublado e com chuva em diversas localidades do estado. O tempo mais instável deverá permanecer ao longo de todo o dia e somente no sábado (8), é que o tempo voltará a abrir com previsão para o retorno da chuva entre segunda (10) e terça-feira (11). A precipitação irá beneficiar e muito, as lavouras de milho e feijão, bem como de café e cana de açúcar, apesar de que na cana haverá paralisações nos trabalhos de colheita. Com a previsão de chuva para a próxima semana, as condições se mantem favoráveis ao desenvolvimento de todas as lavouras.

 

No Mato Grosso e em Goiás tanto a quinta-feira como esse restante de semana serão marcados pelas pancadas de chuva em, praticamente, todo o estado. Contudo, como serão pancadas irregulares algumas propriedades não devem registrar chuva ou se receberem, serão de baixa intensidade, colocando em “cheque” a produtividade dos milharais e das lavouras de algodão. Há previsão de chuva também para o começo da semana que vem, por conta do avanço de áreas de instabilidade que continuam em forma de pancadas irregulares.

 

No Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia e algumas localidades do norte de Goiás a paralisação da chuva será importante, pois vários produtores destas localidades encontram atualmente dificuldades para realizar a colheita da soja. Há relato de lavouras que começam a apresentar perdas de produtividade e principalmente na qualidade dos grãos.

 

Como melhorar a produção no campo

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias