Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Produtor de trigo inicia plantio no Paraná

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

A frente fria que está sobre o Sudeste mantém o tempo instável em grande parte da região central e norte do Brasil, ocasionando chuvas em grande parte das regiões produtoras de Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e São Paulo. Tempo instável também em diversas localidades do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

 

Nível de umidade do solo

A chuva no Centro-Oeste e no Sudeste tem colaborado para manter o nível de umidade do solo elevado o que beneficia lavouras de 2ª safra, como milho e algodão. Porém, alguns produtores do norte de Goiás e do Pará, Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia estão encontrando bastante dificuldade para realizar a colheita da soja por causa da chuva que cai com frequência e já sinaliza perdas de produtividade e qualidade. A boa notícia é que a partir de segunda-feira (10), as chuvas já começam a dar uma trégua e os produtores poderão retomar as atividades de colheita sem maiores transtornos.

 

 

Análise de umidade solo com 15 dias de antecedência

 

No Centro-Oeste e em grande parte do Sudeste, neste final de semana e na próxima semana ocorrem pancadas de chuva o que ajuda a manter o solo com níveis razoáveis de umidade e consequentemente com condições favoráveis ao desenvolvimento das lavouras de 2ª safra. Por outro lado, a chuva pode atrapalhar um pouco o pleno andamento da colheita da cana de açúcar que segue avançando em todas as regiões produtoras e agora no mês de abril, com quase 95% das usinas do Centro-Sul em plena atividade.

 

Como fica o tempo no Brasil nos próximos dias

 

Alerta nos campos da Região Sul

 

No Sul, o alerta é geral. Uma frente fria avança pelo Rio Grande do Sul neste final de semana e o tempo fica bastante instável com previsão de chuva forte, volumosa com potencial para alagamentos e enchentes sobre a metade sul do estado podendo ocasionar alguns transtornos aos produtores e moradores das cidades. Vale lembrar que toda essa chuva irá inviabilizar os trabalhos de colheita do arroz, milho e soja. Na terça-feira (11), o tempo começa a abrir e com isso as atividades de colheita serão retomadas.

 

Leia mais sobre a chuva no Sul aqui

Alerta de risco de condição severa

 

A próxima semana será marcada por chuva também em Santa Catarina, Paraná e no Mato Grosso do Sul o que possibilita a manutenção da umidade do solo e garante boas condições ao desenvolvimento do milho safrinha e o plantio do trigo que já começou em diversas localidades do Paraná. Abaixo, você confere a estimativa prevista de chuva acumulada para os próximos 5 dias:  

 

 

Quer saber como você pode melhorar a produção dentro do campo? Clique aqui 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias