Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Soja entra na reta final de colheita

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

2 min de leitura

A safra de soja no Brasil está praticamente entrando na reta final, uma vez que somente áreas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia e Pará é que ainda possuem lavouras a serem colhidas. Com isso, a produção nacional de soja deverá atingir o patamar recorde de mais de 111 milhões de toneladas de grãos nessa safra, com uma média nacional de produtividade de 55 sacos/ha.

 

Mesmo com o retorno das chuvas no Sul do Brasil nestes últimos dias, onde houve a paralisação da colheita, não houve prejuízos às lavouras. E em contrapartida, o retorno do tempo mais firme no norte do Brasil, proporcionou aos produtores o retorno dos trabalhos de colheita que vinha sendo prejudicada pelas chuvas ininterruptas e com isso, as perdas foram mínimas.

 

Como evitar o risco climático na soja

 

E mesmo com a previsão de que volte a chover com maior frequência e até mesmo em maior intensidade no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina a partir do fim de semana, não há indicativos de que possam acarretar prejuízos aos produtores. Uma vez que a chuvas não virão na forma de invernadas.

 

E como no Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia não há indicativos de que venham a ocorrer mais longos períodos de chuvas, os trabalhos de colheita irão transcorrer sem grandes problemas nestas próximas semanas. Desse modo, a produção nacional de soja deverá mesmo atingir valores superiores a 111 milhões de toneladas, como vem sendo previsto por diversas empresas do seguimento.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias