Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Previsão de chuva para as lavouras de trigo do Sul

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

A massa de ar polar que esteve presente ao longo da semana inteira sobre a região centro-sul, começa a perder força. Com isso, as temperaturas terão uma gradativa elevação, principalmente as mínimas.


Devido a esse enfraquecimento da massa de ar polar, algumas áreas de instabilidade já podem ser observadas sobre o Rio Grande do Sul. Ao longo do fim de semana, a nebulosidade tende a aumentar sobre o Sul, Sudeste e até em Mato Grosso do Sul, no Centro-Oeste, porém sem expectativa de chuva para as áreas produtoras. O que será muito bom para a continuidade da colheita do algodão, milho, café e da cana de açúcar, que segue avançando a passos largos com o predomínio do tempo firme.

 

Evite surpresas ou problemas na produção de sua cultura. 

 

Chuva nas lavouras de trigo

No começo da semana que vem, uma nova frente fria vai avançar pelo Rio Grande do Sul e mudar o tempo. Há previsão de chuva em boa parte do estado gaúcho e ao longo da semana, esse sistema deve passar por Santa Catarina e o Paraná, onde provoca algumas pancadas de chuva.

 

O retorno da chuva no Sul vai ajudar a elevar os níveis de umidade do solo, beneficiando o desenvolvimento das lavouras de inverno, em especial o trigo.  

 

A umidade aumenta em áreas do Sudeste na segunda-feira (10) com possibilidade de chuva fraca no sul de Minas e no leste de São Paulo. A colheita da cana e nem do café devem ficar prejudicadas, porque na terça (11) o tempo já volta a firmar. Ao longo da semana que vem, as condições se manterão favoráveis à realização dos trabalhos de colheita.

 

Na faixa litorânea do Nordeste é que as chuvas serão mais generalizadas e em maiores volumes, mantendo os solos com bons níveis de umidade.

 

Como fica o frio?

 Não há risco para novas ocorrências de geadas ao longo desses próximos 10 dias. Mas, uma nova massa de ar polar está sendo esperada para o centro-sul do país no começo da segunda quinzena de julho.

 

Veja também: Produtividade do milho cresce em Mato Grosso 

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias