Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Chuva pode prejudicar algodão no oeste de MT

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

A quarta-feira (09) será mais um dia de tempo aberto e, praticamente, sem chuva em grande parte do Brasil o que permite que a colheita e o preparo do solo avancem sem grandes transtornos. A partir de quinta-feira (10), uma frente fria começa a avançar sobre o Rio Grande do Sul e traz chuvas generalizadas no estado gaúcho, Santa Catarina e Paraná. Os maiores volumes de chuva deverão ficar concentrados sobre a metade sul do Rio Grande do Sul, onde entre a sexta (11) e o sábado (12) poderá ser registrado volumes superiores a 100 mm em muitos municípios. Com isso, as atividades de preparo do solo para o plantio do arroz ficarão prejudicadas.

 

 

E, como esse sistema estará avançando sobre a Região Sul, são esperadas chuvas também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e até mesmo na faixa oeste e extremo sul do Mato Grosso ao longo da próxima semana. Essas chuvas irão elevar os níveis de umidade do solo, garantindo melhores condições ao desenvolvimento das lavouras de inverno, como trigo, mas poderá atrapalhar o pleno andamento da colheita do milho safrinha no Paraná e sul do Mato Grosso do Sul, bem como do café e da cana de açúcar em São Paulo. Mas como os volumes serão baixos não haverá prejuízos para essas culturas. Talvez o grande prejudicado seja o algodão da região oeste do Mato Grosso, que devido ao estágio avançado de maturação, qualquer chuva neste momento, poderá prejudicar a qualidade das plumas.

 

Receba com antecedência: Previsão do tempo para 15 dias com análise do estado e impacto das condições previstas na cultura

 

Próximos dias

Além das chuvas no centro-sul nos próximos sete dias, há previsão de chuvas também para a faixa leste do Nordeste, mantendo as condições favoráveis ao desenvolvimento da cana de açúcar e de grãos.

 

Veja também: Duas frentes frias passam pelo Brasil até 15 de Agosto

Conecte sua estação meteorológica e tenha previsões ainda mais precisas. É grátis! Clique aqui e saiba mais.  

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias