Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Chuva influenciou produtividade do algodão na Bahia

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

2 min de leitura

O clima tem contribuído bastante para o crescimento das produções de algodão no estado da Bahia. O período positivo começou no fim do ano passado e durou até abril deste ano. O bom volume de chuvas, aliado aos manejos fitossanitários e tratos culturais eficientes, foram os principais responsáveis pela atual fase das lavouras. “A safra 2016/17 foi de aproximadamente 202 mil hectares, para a próxima, há projeções de 30% de incremento”, afirma Antônio Carlos, engenheiro agrônomo da Associação Baiana dos Produtores de Algodão.

 

Receba o relatório do volume de chuva e quantidade de nuvens para auxiliar a tomada de decisão 

 

Segundo o especialista, a média da safra anterior foi de 165 arrobas. Para esta são previstas 290, conforme constatam já com 55% de área colhida. As principais regiões produtoras do estado são oeste e sudoeste, onde ficam as maiores lavouras de algodão. “A Bahia tem um enorme potencial para a produção de algodão, sendo o maior estado do Nordeste em relação à produtividade da cultura e, junto com Mato Grosso, o maior do país também”, finaliza Antônio Carlos.

 

De acordo com o meteorologista da Climatempo, Alexandre Nascimento, a chuva retorna na segunda quinzena de Outubro e será mais um ano com a chuva favorecendo a safra de algodão na Bahia. 

 

Veja também: Porque as previsões de clima são sempre trimestrais? Saiba como você agricultor pode transformar a previsão de clima em informação útil

Veja como receber o boletim semanal sobre a quantidade de água disponível no solo

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias