Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Realização da colheita nas lavouras é beneficiada

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

A semana começa com a presença de uma massa de ar polar sobre o centro-sul, que mantém o tempo aberto e sem possibilidade para chuva em praticamente todo o Brasil. A presença enfraquecida desse sistema, mantém as temperaturas baixas sem que cause qualquer tipo de dano a produtividade das lavouras. Apenas as faixas do norte da Região Norte e litorânea do Nordeste, contam com a chance de pancadas de chuva.

 

Até a próxima quinta-feira (31) o tempo seco deve persistir, quando uma nova frente fria avança pelo Sul e leva chuva para diversas localidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e sul do Mato Grosso do Sul, entre quinta (31) e sábado (02).

 

Os últimos dias de maio irão contar com tempo aberto, sem instabilidades e temperaturas dentro da média para essa época do ano. Os estados do Mato Grosso, Goiás, a maior parte de Minas Gerais, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, também permanecerão com tempo aberto e sem chuva ao longo de toda essa semana. No entanto, junho começa com chuva em boa parte da Região Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul e sul de Minas Gerais.

 

Situação das lavouras

 

Com a previsão de tempo aberto, os produtores terão plenas condições a realização dos tratos culturais e da realização da colheita. As lavouras de cana-de-açúcar continuam apresentando índices mais baixos de produtividade, devido à idade avançada das lavouras associada ao baixo investimento no ano passado.

 

No café, pouquíssimos são os produtores que já iniciaram as primeiras apanhas dos grãos. A colheita deverá iniciar na semana que vem, em todas as principais regiões produtoras. No caso do milho safrinha, a colheita ainda não começou em nenhuma região do Brasil.

 

O plantio do trigo segue avançando no Paraná e no sul de São Paulo, já que a chuva da semana passada permitiu uma elevação dos níveis de umidade do solo, mesmo que bem parcial, e assim, produtores retomaram tais atividades. Já no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina o plantio do trigo ainda não começou. A expectativa é de que inicie apenas no começo de junho.

 

As lavouras de algodão do Mato Grosso, Goiás, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, continuam apresentando um excelente desenvolvimento vegetativo, sem nenhuma ocorrência de anomalias que possam prejudicar as expectativas de mais uma safra cheia para o setor.

 

Não há indícios de temperaturas extremamente baixas ao longo dos próximos dez dias, que possam acarretar formações de geadas ou perdas às lavouras em nenhuma região do Brasil.

 

Agrotalk: a nova plataforma sobre Clima e produtividade no campo

 

Leia no Blog do Agroclimapro outras informações e análises sobre as culturas 

 

Para saber maiores informações de como se planejar com antecedência e tornar o clima seu grande aliado basta consultar www.agroclimapro.com.br

 

Veja como a informação meteorológica pode ajudar a tomar a decisão dentro do campo:

Análise de volume de chuva para a área produtora

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias