Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Plantio da soja avança em ritmo lento

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Nesta terça-feira (09), o avanço de uma frente fria pelo Rio Grande do Sul deixa o tempo bastante instável sobre o estado, com previsão de chuva forte em várias localidades, em especial sobre a metade sul gaúcha. As precipitações irão impossibilitar o plantio do arroz e atrapalhar o pleno andamento do plantio do milho e colheita do trigo. O tempo com muita nebulosidade e chuva deve persistir até amanhã (10) e somente na quinta-feira (11) é que o tempo volta a abrir sobre o Estado.

 

Este sistema irá avançar para Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo, possibilitando novas pancadas de chuva ao longo desta semana sobre as localidades. Com isso, as condições se tornam bastante favoráveis ao plantio da soja e ao seu desenvolvimento. Porém, a instabilidade constante já atrapalha a realização da colheita do trigo e alguns produtores também reclamam que não estão conseguindo avançar com o plantio da soja. Ainda assim, os solos continuaram a apresentar índices excelente de umidade.

 

Em Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Rondônia, toda a semana será marcada pelo tempo mais firme e chuva na forma de pancadas irregulares, algo que já ocorrer desde o início da safra. Desse modo, o plantio da soja avança em um ritmo bem mais lento do que os produtores gostariam, mas bem mais rápido do que em 2017. A tendência é que com este padrão meteorológico o plantio continue avançando, porém ainda de forma mais lenta.

 

No Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia, a tendência é que o tempo se mantenha firme e sem previsão de chuva ao longo desta semana. Desta maneira, será impossibilitado qualquer tipo de atividade no campo.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias