Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Campanha Algodão pela Vida

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Para promover a conscientização da prevenção do câncer de mama, a Tama Brasil, empresa detentora da tecnologia para enfardamento do algodão, com apoio da SLC, uma das maiores produtoras mundiais de grãos e fibras; e da Scheffer, empresa brasileira produtora de algodão, soja e milho; está lançando, no mês de outubro, a campanha Algodão pela Vida, nós vestimos essa causa. A iniciativa conta ainda com o apoio do IMAMA - Instituto da Mama do Rio Grande do Sul, do Núcleo Mulheres do Agro-Oeste da Bahia e do Hospital do Câncer de Cuiabá.  

 

algodão_campo_destaque

Foto Divulgação Tama Brasil

 

A ação de responsabilidade social é dirigida para as comunidades rurais que fazem parte da área de atuação das empresas. Na Bahia, as cidades de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, e no Mato Grosso, Primavera do Leste, Campo Verde, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Sapezal e Campo Novo do Parecis, maiores produtoras de algodão no país.

 

Para chamar a atenção para a causa, durante o período da campanha serão expostos enormes fardos de algodão com embalagem cor de rosa nas estradas onde se localizam as principais as fazendas de algodão das empresas apoiadoras.

 

algodão_destaque_rolo_rosa

 

Mas afinal, o que é o câncer de mama?

 

Câncer de mama é um tumor maligno formado pelo crescimento de células de maneira desordenada e o desenvolvimento de um ou mais nódulos na mama. É o câncer mais comum nas mulheres brasileiras e o que causa mais mortes. Detectado nas fases iniciais, o câncer de mama tem 95% de chances de cura.

 

Não existe uma causa específica para a doença, mas alguns fatores de risco podem levar ao desenvolvimento desse tipo de câncer: gênero, ser mulher é o principal fator de risco; a maioria é diagnosticado em mulheres acima de 55 anos; fatores genéticos, de 5% a 10% são hereditários, entre outros.

 

O exame preventivo é extremamente importante para a saúde das mulheres. Por isso, é importante que as populações rurais estejam sempre atentas a informações, orientações e, principalmente, a campanhas para a realização de exames de prevenção  do câncer der mama.

 

Como prevenir?

 

O Ministério da Saúde recomenda que a mamografia de rastreamento (uma radiografia das mamas feita por um equipamento de raio X) seja feita anualmente por mulheres entre 50 e 69 anos, mas a partir dos 40 anos já é preciso começar a fazer o autoexame, feito por meio do toque, para sentir se existem caroços, nódulos ou pequenas lesões na região dos seios.

 

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias