AGROCLIMA

Plantio do arroz não foi totalmente concluído no RS

29/10/2019 às 11:29
por Redação

Oferecimento

Os produtores de arroz localizadas na Fronteira Oeste gaúcha estão preocupados. A maioria não terminou o plantio da safra 2019/2020 e na média faltam 30% da área a ser plantada. Em Itaqui, as áreas já estão alagadas, o vento forte já provoca alguns danos e o solo já está com capacidade de campo, segundo relato de produtores. Quem já conseguiu finalizar o plantio do arroz se prepara para plantar a soja, mas a preocupação aumenta porque há dias chove no estado e a previsão é de mais chuva nesta semana.      

 

Dados do Irga - Instituto Rio Grandense de Arroz mostram que até o dia 25/10 a evolução da semeadura da safra 2019/2020, na principal região produtora (Fronteira oeste) atinge área semeada de 76,27% em um total de 221.451 hectares. Em Uruguaiana, a área semeada é de 91,9%, seguido de Quaraí com (78,7%), Alegrete (73,3%), Itaqui (69,4%), Anto Antônio das Missões (69,4%) e São Borja (56,6%). 

 

A intenção de safra é de 946,326 mil hectares para todo o Rio Grande do Sul. Até agora no estado foram semeados 457.992 mil hectares. Na safra 2018/2019, a área plantada atingiu 984.081 hectares. A área colhida foi de 964.537 mil hectares com um total de área perdida de 19.544 hectares.

 

De acordo com os meteorologistas da Climatempo, Outubro vai terminar com bastante chuva. O  alerta para temporais continua valendo para esta terça-feira, 29 de outubro, para toda a Região Sul do Brasil. Além da chuva forte e de muitos raios, as rajadas de vento podem alcançar velocidades entre 70 km/h e 100 km/h. 

 

Uma forte área de baixa pressão atmosférica no noroeste da Argentina, além do ar quente e úmido que está entrando sobre a Região Sul estimula a formação de nuvens muito carregadas no Sul.  

Entre terça e quarta-feira, esta área de baixa pressão atmosférica é reforçada pela passagem de uma frente fria pelo litoral da Região Sul.

 

As condições para chuva e o risco de temporais começam a diminuir durante a quinta-feira, mas no dia 01 e 02 de novembro, novas áreas de instabilidade irão se formar quando um sistema de alta pressão atmosférica volta a influenciar a Região Sul.

 

AgroclimaPro

 

Para saber se o melhor caminho é aguardar ou seguir em frente com o plantio você pode contar com o Agroclima PRO, serviço de agrometeorologia de precisão da Climatempo. Com o ele é possível acompanhar os índices de umidade no solo e a previsão de chuva para sua região e, ainda melhor, para a sua fazenda!

 

Acerte na sua safra! Assine agora mesmo o Agroclima PRO

Acesse: https://agroclimapro.com.br/

 

 

ENCONTRE UMA LOCALIDADE

loading

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

×
Ocorreu um erro ao enviar fazer seu cadastro. Por favor, tente novamente mais tarde!

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

Digite seu nome
Digite seu email