Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Plantio do tomate no BR é feito em campo aberto

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Um dos frutos mais cultivados no mundo, o tomate é indicado para diversos pratos. Do tipo italiano e mais alongado, o Vero apresenta sabor e consistência diferenciada, com mais fibras (firmeza), maior conservação pós-colheita (durabilidade) e frescor, podendo ser plantado em campo aberto e em estufa no solo ou em vasos. 

 

O cultivo em campo aberto, como o próprio nome já diz, é quando o agricultor faz o manejo tradicional. Em termos de área de plantio no Brasil, mais de 99% do tomate é produzido em campo aberto, sendo este o motivo do Vero ser plantado desde o início neste sistema. Já o plantio em estufa permite que o produtor proteja suas plantas das diversidades climáticas, principalmente, das chuvas, obtendo frutos mais sadios e de melhor qualidade.

 

“Um dos principais problemas deste sistema é que a estufa, por não ser móvel, faz com que o produtor plante na mesma área por diversos anos, favorecendo o aparecimento de algumas doenças de solo e dificultando o manejo”, explica Ayrton Tullio Junior, Diretor da Horticeres.

 

Diante desse cenário, o agricultor opta pelo cultivo em estufas em vasos, uma vez que ele utiliza de substrato – material estéril que não vem com patógenos e serve como suporte para as raízes, fazendo toda a nutrição da planta através dos sistemas de fertirrigação. Com isso, ele alia a proteção das chuvas com o ambiente e um substrato de produção inerte, evitando o aparecimento de doenças.

 

O Engenheiro Agrônomo Horticeres Sementes, Ricardo Mikami, conta que, com o objetivo de produzir frutos de elevada qualidade, há dois anos, começou, junto com seu irmão, Eduardo Mikami, o cultivo de Vero em estufa no solo. Buscando sempre o aumento de produtividade, em junho de 2019, decidiu inovar a produção fazendo o plantio em vasos com sistema hidropônico. “O Vero é um produto bastante versátil e que se adapta às diferentes regiões de plantio no Brasil, satisfazendo todos os elos da cadeia produtiva: produtor, varejo e consumidor”, conclui Mikami.

 

Fonte: Horticeres Sementes

 

AgroclimaPro

 

Para saber se o melhor caminho é aguardar ou seguir em frente com o plantio você pode contar com o Agroclima PRO, serviço de agrometeorologia de precisão da Climatempo. Com o ele é possível acompanhar os índices de umidade no solo e a previsão de chuva para sua região e, ainda melhor, para a sua fazenda!

 

Acerte na sua safra! Assine agora mesmo o Agroclima Pro

Acesse: https://agroclimapro.com.br/

 

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias