Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Safra 2019 de trigo está em estágio avançado de colheita

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

As estimativas da safra 2019/20 apontam para crescimento na produção brasileira de grãos, segundo a Conab.

 

Com relação ao milho primeira safra foi registrado um crescimento de 0,9% na área semeada, totalizando 4,1 milhões de hectares, e produção estimada em 26,3 milhões de toneladas, 2,4% superior a 2018/19.

 

Neste primeiro momento, a destinação de área é maior para o plantio de soja e, a partir de janeiro, após a colheita da leguminosa, intensifica-se a semeadura do milho, considerado como segunda safra, e que atualmente representa mais de 70% da produção total de milho no país.

 

A cultura da soja vem mantendo a tendência de crescimento na área cultivada e, nesta safra, a estimativa aponta para crescimento de 2,3% em relação ao ciclo passado, produzindo 120,9 milhões de toneladas.

 

Safra inverno 2019

 

A safra 2019 de trigo está em estágio avançado de colheita e a projeção é que a produção desse cereal seja de 5,3 milhões de toneladas, redução de 2,8% em relação a 2018, sobretudo em consequência de adversidades climáticas enfrentadas durante o ciclo.

 

Área plantada

 

A safra 2019/20 prevê incremento de área plantada em comparação à temporada anterior. São estimados cerca de 64.099,2 mil hectares para esse ciclo, sinalizando acréscimo de 1,4% em relação a 2018/19. Isso corresponde a uma variação absoluta de 902,8 mil hectares, influenciado principalmente pelo crescimento da área de soja. 

 

A temporada 2019/20 deve registrar a segunda maior produtividade média da série histórica, muito em razão do aumento do pacote tecnológico utilizado pela agricultura brasileira. Com o decorrer da safra e o desenvolvimento das lavouras, os diversos parâmetros que compõe a produtividade (por exemplo: Clima e tecnologia) poderão ser melhores avaliados pelas pesquisas de campo, que passarão a ser monitorados por meio do índice de vegetação da diferença normalizada (NDVI) das lavouras, comparando as condições de vegetação na presente safra com as anteriores.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias