Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Queda de granizo danifica arroz no RS

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

2 min de leitura

Os produtores de arroz do Rio Grande do Sul iniciaram a colheita a mais ou menos 20 dias e a expectativa do setor é de uma safra maior se comparada ao ano passado. 

 

O Rio Grande do Sul é o principal estado produtor do país e a colheita do grão deve prosseguir pelos campos até meados do mês de maio. Em todo o estado houve uma pequena queda na área plantada, de 984 mil hectares em 2019 para 940 mil hectares na safra atual. Mesmo com a área menor, a produção vai crescer um pouco: em torno de 4%, a previsão é chegar a 7,5 milhões de toneladas.  

 

De acordo com informações de Comunicação do IRGA - Instituto Rio Grandense do Arroz, já foram colhidos 7,4% de um total de área de 935 mil 597 hectares. Deste total mil hectares de arroz foram danificados por conta da queda de granizo ocorrida com as chuvas dos últimos dias.  

 

Igra-Imagem.

Produtores estão contabilizando os estragos - Foto: Divulgação/Irga  

 

 

No Paraná, o Departamento de Economia Rural (Deral), vinculado à Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB), irá soltar ainda hoje um novo relatório sobre o total da área já colhida e as condições das lavouras.

 

AgroclimaPro

 

Conheça também o AgroclimaPro - sua opção inteligente para a gestão no campo. Para saber se o melhor caminho é aguardar ou seguir em frente com o plantio você pode contar com o Agroclima PRO, serviço de agrometeorologia de precisão da Climatempo. Com o ele é possível acompanhar os índices de umidade no solo e a previsão de chuva para sua região e, ainda melhor, para a sua fazenda! Acesse: 

 

https://www.climatempoconsultoria.com.br/agroclima-pro/

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias