AGROCLIMA

Mapa publica zoneamento do arroz e do algodão

18/05/2020 às 10:58
por Redação

Oferecimento

Foram publicadas no Diário Oficial da União as portarias com o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc), ano-safra 2020/2021, para o cultivo de arroz de sequeiro no Distrito Federal e nos seguintes estados: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Maranhão, Piauí, Acre, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, e o cultivo de arroz irrigado em São Paulo, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

 

Também foram publicadas as portarias que aprovam o Zarc do algodão, para a safra 2020/2021, para o Distrito Federal e Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Maranhão, Piauí, Acre, Rondônia, Tocantins, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

 

O diretor do Departamento de Gestão de Riscos da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Pedro Loyola, explica que a principal novidade é a atualização da lista de cultivares indicadas, já que essas culturas passaram por recente revisão metodológica pela Embrapa.

 

“O Zoneamento Agrícola do arroz e do algodão foi revisado no ano de 2018, com a inclusão dos níveis de risco na metodologia. Essa nova forma de apresentar o Zoneamento permite identificar qual o risco de semeadura, por decêndio (dez dias), para os riscos de 20%, 30% e 40%, assim é possível uma melhor avaliação do risco por parte de agentes financeiros e seguradoras, permitindo ao produtor identificar a melhor data de plantio. Vale sempre lembrar que cumprir as recomendações do Zarc é obrigatório na contratação de seguro e Proagro”, destaca.

 

Vazio sanitário do algodão

 

Visando prevenir a proliferação de pragas e doenças, em especial o bicudo-do-algodoeiro, alguns estados têm legislação que proíbe a existência de plantas vivas de algodão em determinados períodos. O estudo de Zarc leva em conta essas janelas e procura compatibilizar o período de plantio e de colheita para não haver plantas vivas de algodão no período de vazio sanitário. Além disso, em estados onde não existe a regra do vazio sanitário, a metodologia do zoneamento foi estendida levando em conta a legislação dos estados que dispõem, de forma a preservar a eficácia do vazio em regiões fronteiriças.

 

 

AgroclimaPRO

 

O Agro não para! 🌱🚜 O AgroclimaPRO, um produto da CLIMATEMPO é a melhor ferramenta de Agrometeorologia do mercado. Com o ele é possível acompanhar os índices de umidade no solo e a previsão de chuva para sua fazenda e região!

 

Muito mais informação para você tomar as melhores decisões e garantir mais rentabilidade para a sua lavoura. 📢‼ Interessados entrar em contato pelo whatsapp ⏩ https://wa.me/5511942165132

 

ou acesse  https://www.climatempoconsultoria.com.br/agroclima-pro/

 

Leia também: Nevoeiro na Grande SP reduz visibilidade  

ENCONTRE UMA LOCALIDADE

loading

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

×
Ocorreu um erro ao enviar fazer seu cadastro. Por favor, tente novamente mais tarde!

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

Digite seu nome
Digite seu email

FASES DA LUA

  • Minguante
    14/05
  • Nova
    22/05
  • Crescente
    30/04
  • Cheia
    07/05

ESTAÇÕES DO ANO

  • Outono
    20/03
  • Inverno
    20/06
  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12