Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Frio e coronavírus causam impactos na produção de hortaliças

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

5 min de leitura

Impactos na produção de hortaliças

 

Com o avanço de uma frente fria para a Região Sudeste do país, as temperaturas caíram drasticamente nesta sexta-feira (21) no estado de São Paulo. As temperaturas máximas nos dias anteriores à passagem da frente fria variavam entre 26 e 33 °C entre os dias 18 e 19 de agosto, segundo as informações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

 

O cinturão verde, segundo a EMBRAPA é a área que corresponde por 25% da produção de verduras em escala nacional, vem sendo impactado diretamente pela pandemia do novo coronavírus. Este impacto vem sendo causado por que a maior parte dos bares e restaurantes ficaram fechados e atualmente operam com horários reduzidos. Além disso, o cinturão verde também pode sofrer os impactos causados pelas condições de tempo. As médias de temperatura na cidade de São Paulo para o mês de agosto são, segundo o INMET:

 

Temperatura máxima: 24,1 °C

Temperatura mínima: 13,1 °C

 

Apenas nesta sexta-feira (21) a temperatura na capital paulista chegou aos 8,7 °C na leitura realizada às 15h00 (horário local de Brasília) na estação de Interlagos do INMET. E o recorde de temperatura mínima na cidade ocorreu no sábado (22) com 8,2°C registrados na estação do Mirante de Santanta, do INMET. O Clima da cidade de São Paulo é tipicamente menos frio para os meses de agosto com relação ao mês de julho, porém a massa de ar polar associada a esta última frente fria ainda deve manter os próximos dias frios na capital e em algumas áreas do estado.

 

Previsão para os próximos dias

 

As cidades de São Paulo, Ibiúna, Mogi das Cruzes, Sorocaba, Santa Isabel, Suzano e as demais áreas que representam o cinturão verde devem apresentar temperaturas baixas nas madrugadas, manhãs e noites nos próximos dias. A frente fria se afasta, porém a massa de ar seco de origem polar ainda deve deixar o tempo seco e com as temperaturas baixas. Os links nas cidades citadas mostram a previsão para as cidades e se você precisa de previsão para mais alguma cidade é só clicar aqui: Climatempo

 

Confira também as temperaturas previstas para a cidade de São Paulo a seguir: Previsão de São Paulo

 

 

Na semana que compreende os dias 24 e 30 de agosto, o tempo fica estável na capital paulista e o sol volta a predominar também nas demais áreas do estado com a atuação da massa de ar seco. No entanto, as temperaturas ainda seguem abaixo das condições se comparadas com as médias de clima da capital.

 

 

Há previsão de uma nova onda de frio?

Até o final do mês um sistema de alta pressão atmosférica deve atuar no estado de São Paulo e nas demais áreas da Região Sudeste. Com isso, o sol predomina e as temperaturas vão subindo gradativamente à medida que a massa de ar polar deixada pela passagem da última frente fria perde força.

 

Nos próximos dias então, as madrugadas e manhãs ainda seguem frias. Com o predomínio do sol, as temperaturas devem aumentar principalmente no decorrer das tardes. As tardes de segunda (24) até a quinta-feira (27)  ainda devem ter temperatura relativamente baixa para tardes de predomínio de sol. Porém, até o final de semana (28, 29 e 30 de agosto) o frio perde força até mesmo nas manhãs. Assim, as temperaturas mínimas já devem variar entre os 14 e 16 °C e as temperaturas máximas chegando aos 29 e 31 °C. 

 

Fonte: Istock

 FONTE: Istock.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias