Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Inverno exige cuidados com citrus

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Ainda está fresco na memória de muitos citricultores brasileiros o frio intenso registrado em laranjais do Texas e do México no início deste ano. No estado norte-americano, terceiro maior produtor do país, estimam-se que 98% da atual safra e 75% da próxima tenham sido perdidas com as baixas temperaturas, a neve e as geadas.

 

No Brasil, o frio nas áreas citrícolas costuma ser bem menos intenso. Mesmo quando há relatos de geada em áreas de milho e cana-de-açúcar, as baixas temperaturas não chegam a afetar a cultura, pelo contrário. Normalmente, sob frio mais intenso, a dormência das plantas aumenta, o que ajuda a evitar um florescimento precoce ainda no inverno. Além disso, as laranjas ficam mais coloridas e acumulam mais açúcar, embora demorem mais a amadurecer.

 

Mas é claro que mesmo em uma situação bem menos crítica que no Hemisfério Norte, os citrus em geral exigem cuidados nesta época do ano. O frio intenso não traz danos às árvores adultas, mas podem ser fatais para plantas mais jovens em áreas de baixada ou vertentes voltadas para o quadrante sul, especialmente na região de Avaré, em São Paulo.

 

Além disso, a estiagem prolongada exige irrigação complementar, embora a quantidade de água não deva ser elevada justamente para não despertar florada antes da hora ou queda de frutos. A irrigação, inclusive, apenas é recomendada em casos de déficit hídrico extremo e deve ser utilizada de forma suplementar, sem encharque do solo.

 

Para a estação mais seca e fria do ano, a expectativa é de um inverno ainda mais seco que o normal. Lembrando que a área produtora mais concentrada no estado de São Paulo já passa por um déficit hídrico histórico. Precipitações como as que aconteceram no fim de maio não deverão reaparecer com tanta frequência. Além disso, a neutralidade climática, sem El Niño ou La Niña, e a baixa atividade solar aumentam a chance de avanço de ondas de frio intensas nos próximos meses.

 

Como citado, o frio até beneficia árvores mais velhas, mas exigirá cuidados com áreas recém-instaladas, especialmente no sudoeste paulista. Pensando nisso, a Satis desenvolveu o Vitaphol Citrus, que apresenta uma formulação balanceada e contém macro e micronutrientes essenciais para os citrus. Além disso, o Vitaphol Citrus possui diversos aditivos que aumentam a performance do produto no campo e que auxiliam no processo de floração das plantas.

 

Sobre a SATIS

 

Com sede em Araxá (MG), a Satis é especializada em produtos de nutrição vegetal foliar, cuja principal característica é proporcionar uma absorção mais rápida para melhorar o rendimento das lavouras. Seus produtos estão presentes em mais de 80% do território nacional. A Satis trabalha com tecnologia própria para o desenvolvimento de soluções especialmente em lavouras como soja, café, milho, feijão, trigo e hortifruti. Esses produtos são formulados com combinações e dosagens diferentes de nutrientes com o objetivo de garantir a saúde da planta, contribuindo para seu ganho de produtividade.

 

Com a Satis, o sucesso de sua lavoura está garantido, faça chuva ou faça sol.

 

Saiba mais em: https://www.satis.ind.br/

 

 

Este conteúdo trata-se de um informe publicitário patrocinado pela Satis.

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias