Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Irregularidades das chuvas no Sul dificulta os tratos culturais

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Foto: Istock

 

Durante as primeiras semanas deste mês, as áreas de produção agrícola que tiveram os maiores acumulados de chuva  no país foram a região Norte e o litoral do Nordeste. Já na região Sul, as chuvas ficaram mal distribuídas e no Centro-Oeste e Sudeste prevaleceu o tempo seco.

 

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgou o Boletim de Monitoramento Agrícola Cultivos de Verão e Inverno - Safra 2020/21. O boletim traz informações sobre as condições agrometeorológicas e do comportamento das lavouras, em imagens de satélites e no campo, com o monitoramento das principais regiões produtoras de grãos, considerando os cultivos de verão e inverno.

 

Segundo a publicação, as irregularidades das chuvas na região Sul e a redução do armazenamento hídrico têm dificultado os tratos culturais e o desenvolvimento dos cultivos de inverno, principalmente nas lavouras em estádios mais avançados no norte do Paraná.

 

No norte do estado praticamente não houve precipitação e no Rio Grande do Sul, com a má distribuição, a média diária do armazenamento hídrico no solo ficou abaixo do ideal. No entanto, em Santa Catarina o armazenamento hídrico ficou estável, favorecendo o desenvolvimento das lavouras.

 

A falta de precipitação também ocorreu no sudoeste do Mato Grosso do Sul, no centro-sul de São Paulo e no sul de Minas Gerais. Os níveis de umidade diminuíram ao longo do período e afetaram a evolução dos cultivos de inverno não irrigados, além da realização dos tratos culturais.

 

Por outro lado, a ausência de chuvas foi favorável a outros setores, como as operações de colheita da segunda safra do milho e do algodão, nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

 

Em relação às geadas, a ocorrência durante a primeira quinzena de agosto foi menor e menos abrangente em comparação com o mês anterior. Houve episódios, sobretudo, no Rio Grande do Sul. No entanto, como a maior parte dos cultivos de inverno está em desenvolvimento vegetativo, praticamente não houve impacto nas lavouras.

 

Clique aqui para ver mais detalhes sobre a situação das lavouras.

 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias