Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Granizo provoca estragos em lavouras de Ijuí/RS

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Foto: Rádio Progresso

 

Na região gaúcha de Ijuí, a queda de granizo observada no dia 06/09 deixou um rastro de prejuízos. A Emater está no campo realizando um levantamento dos estragos. Áreas de trigo e aveia tiveram perda total.

 

horti13_rádioprogresso

Foto: Rádio Progresso

 

As verduras e produtos hortigranjeiros na região de Ijuí (RS) também foram destruídos. Segundo a Emater, teve perdas de hortaliças, folhosas, repolho e cebola, além de frutíferas, especialmente em áreas sem cobertura de estufa. As comunidades mais atingidas foram Alto da União, Arroio das Antas e Barreiro.  

 

Raios

 

Na terça-feira (07) o estado com a maior quantidade de raios no Brasil foi o Rio Grande do Sul, com 252.203 descargas elétricas (sendo que 32.589 tocaram o solo). Ontem (07), o município do estado do Rio Grande do Sul que mais teve descargas elétricas foi Alegrete(RS), com 56.040, sendo 4.276 que tocaram o solo. 

 

Segunda dados da Earth Networks, na segunda-feira (06) o estado no Brasil que mais teve raios também foi o Rio Grande do Sul, com 131.952, sendo 9325 que tocaram o solo. 

 

Em média o Brasil tem 160.495.503 raios por ano, sendo que o estado no Brasil que mais tem raios é o Mato Grosso, com 27.910.743. O Rio Grande do Sul vem em 6° lugar, com 10.050.600. Em segundo, é a Amazônia, com 24.710.649, de acordo com dados do IAG/USP.

 

Próximos dias

 

Na quinta-feira (09) as rajadas de vento seguem no decorrer do dia pelo Rio Grande do Sul, principalmente na metade sul, nordeste e leste do estado, pegando desde a Fronteira Oeste ao litoral gaúcho. A velocidade do vento pode atingir até 60km/h.

 

A presença do ciclone extratropical deve causar chuva somente no sul gaúcho, como na região de Chuí, Jaguarão e Bagé. A precipitação pode durar ao longo do dia, mas é de maneira mais leve, às vezes na forma de chuviscos.  O tempo fica firme na maior parte do dia sobre as demais áreas gaúchas, exceto no extremo norte gaúcho, municípios que fazem divisa com Santa Catarina que terá um dia de muita nebulosidade e períodos de sol.

 

Na Grande Florianópolis e no Vale do Itajaí, chove a qualquer hora. No Paraná, áreas de instabilidade de uma frente fria deixam o tempo chuvoso. 

 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações.

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias