Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Safra verão exigirá planejamento no plantio e na venda

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Uma nova safra está começando e as atenções agora estão voltadas para as condições de chuva no país. Com o final do vazio sanitário da soja, vários estados já dão início ao trabalho de semeadura da soja agora na segunda quinzena de setembro, momento que coincide com a época de retorno gradual das precipitações e fim da estação seca.

 

Porém, ao que tudo indica este ano teremos novamente a atuação do fenômeno La Niña, o que pode significar problemas para as safras da região Sul, Sudeste e parte do Centro Oeste, assim como verificado na última safra verão. A irregularidade da precipitação esperada para este ano pode resultar em perdas importantes para a safra de soja, pois os meses mais críticos tendem a ser os meses de dezembro e janeiro, justamente durante o estádio reprodutivo.

 

Com a ocorrência de estresse hídrico em estádios tão importantes sob o ponto de vista da capacidade de impactar no potencial produtivo das cultivares, é importante que o agricultor tenha uma estimativa da produção a ser atingida no final do ciclo. Pensando nisso, a Climatempo desenvolveu o Relatório de Planejamento de Safra, no qual é possível identificar a projeção climática para a safra e qual o impacto que a variabilidade do Clima na safra pode causar em termos de perdas na produção.

 pensafra1

Figura 1: Gráfico mostrando a penalização da safra nos próximos 150 dias devido a variação climática.

 

pensafra2

Figura 2: Tabela mostrando a quantidade em Kg/ha da penalização da safra, bem como a variação no período.

 

Utilizando apenas dados de potencial produtivo, data de semeadura e tipo de solo, o algoritmo da Climatempo projeta a penalização da safra, permitindo ao agricultor ter uma ideia aproximada do impacto no clima na produção da safra. Essa informação tem o potencial para trazer mais segurança ao produtor na hora de comercializar a sua safra de forma antecipada, já que terá uma estimativa de produção que considera o impacto do clima e não somente o potencial produtivo da cultivar utilizada.

 

Por João Castro | Agrometeorologista da Climatempo

 

Quer saber mais sobre nosso Relatório de Planejamento de Safra?

Clique aqui e fale direto com nossos especialistas!

 

 

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias