Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

São Paulo registra queda na produção de trigo na safra 2021

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

5 min de leitura

Os números da safra 2021 de trigo em São Paulo mostram um volume de produção abaixo do esperado, de acordo com o último prognóstico da Câmara Setorial do grão no estado.

 

De acordo com o relato das cooperativas que integram a Câmara Setorial, a produção de trigo em São Paulo deve ser de cerca de 250 mil toneladas, volume bem abaixo das perspectivas do setor, que iniciaram o ano com indicações de uma safra recorde no estado.

 

“O número que calculamos, por meio das informações colhidas estão abaixo do que esperávamos. Em 2021, com os relatos colhidos acredito que teremos um total bem próximo aos números da Conab ou até mesmo menor, em caso de revisão”, afirma o presidente da Câmara Setorial de Trigo de São Paulo, Victor Oliveira.

 

A produtividade também foi muito impactada, apresentando uma queda considerável, provocada por mudanças no Clima ao longo do ciclo produtivo do trigo.

 

“Esse resultado é fruto de uma série de intempéries climáticas, caracterizadas por uma estiagem muito longa pós plantio, nos meses de abril e maio, seguida por uma geada bem severa, no final de julho, que atingiu uma fase importante do desenvolvimento do trigo e, por último, uma chuva na colheita”, explicou Oliveira.

 

Apesar de um volume menor do que as expectativas, a safra de trigo de São Paulo já foi quase toda liquidada, sobrando apenas alguns estoques nas cooperativas ou pequenas áreas que estão em fase final de colheita.

 

“Acreditamos que, até o início de 2022, o volume de trigo produzido no estado será totalmente comercializado, o que reforça a qualidade do cereal produzido aqui e o potencial de consumo do setor moageiro paulista, que é o principal destino da produção dos campos de São Paulo”, ressalta o presidente.

 

Os números desse ano mostram que São Paulo voltou ao topo do rankings dos estados mais importadores de trigo do Brasil, superando o Ceará, neste ano de 2021. 

 

O cenário é de altos preços do trigo, que são reflexos dos resultados das safras dos principais exportadores do grão, que fizeram com que os estoques globais ficassem com níveis menores. O aumento da demanda por alimentos no mundo e a redução nos números da safra mundial do trigo geram um aumento nos preços dos alimentos.

 

“A alta dos preços, como de insumos, por exemplo, é um dos fatores que, possivelmente, impactará a próxima safra do trigo no estado de São Paulo, pois os produtores estão recalculando os custos e reavaliando o cultivo do grão no estado em 2022”, finalizou Oliveira.

 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações. 

 

Faça parte da maior comunidade AGRO! O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte! 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias