Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Colheita da 1ª safra de feijão foi encerrada no RS

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

5 min de leitura

A colheita da primeira safra de feijão foi encerrada na maior parte do Estado, segundo dados da Emater/RS. A produtividade é estimada em aproximadamente 1.200 kg/ha, com variação negativa de cerca de 30% na projeção inicial da safra.

 

Os cultivos em segunda safra encontram-se predominantemente em fase de enchimento de grãos, que totalizam 45%, seguidos de lavouras em maturação, com 35%. Já foram colhidos 20%, e a produtividade estimada é de 1.623 kg/ha, sendo cerca de 20% superior à estimada inicialmente para o segundo cultivo. A boa perspectiva de produção decorre das boas condições durante o ciclo, com chuvas recorrentes desde a sua implantação e sem maiores infestações de pragas nem doenças.

 

Feijão_simonevargas_campinadosimãoPR_VAL

Foto: Simone Vargas - Campina do Simão - PR - colheita do feijão

 

No entanto, persiste a preocupação dos produtores com as condições do tempo, que apontam para noites mais frias, alertando-os em relação ao controle da antracnose. Além disso, as chuvas em excesso estão trazendo alguns problemas de doenças fúngicas nas lavouras que estão em fase de enchimento de grãos.

 

Geada e neve ocorrida 

 

A cidade de Cascavel (PR) registrou nesta terça-feira (17/05) temperatura de 2,6°C pelo Simepar com geada no milho. Interessante é que o município de Toledo logo ao lado teve mais de 6°C. Geada isolada no oeste do Paraná. Conforme previsto pela Climatempo, também houve ocorrência de chuva congelada e neve em Santa Catarina. Nesta terça-feira nevou em São Joaquim e Urupema. Veja aqui o registro feito pela produtora rural Katia Fenner, de São Joaquim.

 

Tendência do Clima

 

Na quarta-feira (18/05) e também na quina (19/05), há previsão de geadas no Paraná, São Paulo e Minas Gerais, em áreas de café, milho, feijão, HF e cana de açúcar, mas o fenômeno não será tão abrangente.

 

 

Mato Grosso do Sul, sul de Goiás, São Paulo, Sul de Minas e Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba devem registrar geada. A expectativa é de ocorrência do fenômeno em áreas de café da Mogiana e do sul de Minas. Com relação a cana pode gear nas áreas produtoras de São Paulo. Feijão e milho podem ser impactados entre as áreas do Paraná e sul de São Paulo.  

 

A partir da sexta-feira (20/05), a chance de geada diminui no Sudeste, mas ainda há previsão do fenômeno no Sul do país.

 

 

Com relação a chuva, há previsão de chuva na faixa leste do Rio Grande do Sul e no sul de Santa Catarina. Algumas áreas entre Porto Alegre, Caxias e Torres, devem acumular mais de 50 milímetros de chuva entre hoje (17/05) e quarta-feira (18/05). A frente fria associada ao ciclone e o ar frio favorece a ocorrência de chuva forte no Nordeste, principalmente para as áreas agrícolas de feijão, milho e cana de açúcar de Sergipe, Alagoas. 

 

No período de 24 a 30 de maio, as simulações mostram uma tendência de chuva para o leste do Nordeste e a volta da chuva para o Rio Grande do Sul. Ou seja no final do mês, a chuva fica concentrada sobre a Região Sul associada a uma nova frente fria. 

 

Como monitorar o Clima na sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

AgroclimaPRO é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações. 

 

Faça parte da maior comunidade AGRO! O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte!

 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias