Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Ataque de cigarrinha provoca perdas no milho safrinha

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

A presença de uma massa de ar polar seca e fria sobre grande parte da região centro-sul do Brasil manterá o céu com pouquíssimas nuvens e consequentemente, não há previsão de chuva para nenhuma região produtora do Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia e Pará.

 

 

Somente sobre a faixa litorânea do Rio De Janeiro, Espírito Santo e do Nordeste é que há previsão de chuva. Além do tempo seco, a temperatura mínima continuou baixa nesta última madrugada, mas não há risco de geada, já que as temperaturas estão oscilando entre 8° e 13°C em toda a região centro-sul.

 

Este padrão meteorológico deverá se manter inalterado ao longo de toda a semana o que possibilita o avanço dos trabalhos de colheita sem grandes transtornos, bem como os trabalhos de plantio e tratos culturais.

 

Previsão do tempo para 15 dias com análise do estado e impacto das condições previstas para a cultura

 

Entre a quarta e quinta-feira uma frente fria estará avançando sobre a metade sul do Rio Grande do Sul e deixa o tempo mais instável com possibilidades para eventuais pancadas de chuva. Porém, esse sistema deverá atuar apenas sobre a metade sul gaúcha e não ter força para avançar para as demais localidades do estado, Santa Catarina e Paraná. Somente na semana que vem é que há previsão de mudança e mesmo assim somente para a região Sul.

 

Milho safrinha

Com relação às culturas, produtores de milho safrinha tem se queixado de níveis mais baixos de produtividade, em algumas regiões, por conta do severo ataque de cigarrinha que ocasionou perdas que estão oscilando entre 5 e 20%.

 

Algodão, Cana e Café

No algodão, os índices de produtividade estão excelentes. No café, apesar de uma produtividade menor, devido à bianualidade da cultura, a qualidade dos grãos está boa por conta do tempo mais firme, mas ainda há muito grão de qualidade inferior chegando às cooperativas e armazéns, já que até 15 dias atrás estavam sendo registradas chuvas sobre as principais regiões produtoras. O mesmo vem ocorrendo com a cana de açúcar, onde tanto a produtividade quanto os índices de açucares estão aquém do ideal.

 

Veja também: Colheita da cana avança

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias