Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Milho precisa de mais umidade no RS

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

A sexta-feira será marcada por tempo aberto e sem previsão de chuva em quase todo o território brasileiro o que irá permitir que os trabalhos de colheita e preparo do solo para novos plantios continuem avançando em todas as regiões.

 

A partir de sábado (26) uma nova frente fria estará avançando pelo Rio Grande do Sul e deixa o tempo bastante instável com previsão de chuva em grande parte do Estado gaúcho. A chuva poderá inviabilizar os trabalhos de preparo do solo para a cultura do arroz, mas por outro lado, irá favorecer a elevação da umidade do solo, garantindo melhores condições ao plantio do milho.

 

Receba a Análise de volume de chuva para a área produtora

 

O final de semana também deverá ser marcado pelas pancadas de chuvas em boa parte dos Estados de Rondônia, faixa oeste e norte do Pará e noroeste do Mato Grosso, podendo até mesmo ocorrer algumas pancadas muito isoladas na região central do Mato Grosso. A previsão também será de tempo mais fechado e chuvoso em boa parte da região litorânea do Nordeste.

 

Nas demais regiões do Brasil, o tempo seguirá aberto não só nesta sexta-feira, mas ao longo de todo o final de semana e começo da semana que vem. Pois, essa frente fria não terá força para avançar pelas demais regiões do Brasil, como Sudeste e Centro-Oeste. Com isso, os trabalhos de colheita do algodão, cana de açúcar e do café continuarão avançando em todas as regiões sem grandes transtornos durante esses próximos dias.

 

Somente na virada do mês, ou seja, entre os últimos dias de agosto e primeira semana de setembro é que há uma possibilidade de que as chuvas retornem as regiões centrais do Brasil. Mas mesmo assim, os modelos de previsão indicam chuvas irregulares e de baixa intensidade.

 

Veja também: Queda na produção de cana de açucar

Conecte sua estação meteorológica e tenha previsões ainda mais precisas 

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias