Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Os perigos de atravessar em zonas alagadas com automóveis

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Foto: Sayako Amanduna - São Paulo - SP 

 

Nesta época do Verão, as fortes chuvas são recorrentes e é comum cenas de enchentes em diversas regiões do Brasil. 

 

Quem transita pelas vias, corre um risco ainda maior, inclusive para quem circula de carro. Quando a água em excesso entra nos automóveis, diversos equipamentos podem ser comprometidos. Sistema de admissão de ar, motor e componentes elétricos, pois os veículos não foram projetados para essas situações.


Ricardo Crivelini Ribeiro, Coordenador de Curso de Engenharia Mecânica da Universidade Anhanguera, unidade de Pirituba, explica que a travessia deve ser realizada em último caso.

 

"É importante ficar atento aos locais que alagam fácil e evite sair de casa em temporais. Caso não tenha escolha, muita atenção com bueiros e calçadas, porque com a grande quantidade de água, esses perigos podem ficar encobertos. Importante também procurar pontos altos para trafegar. Se não achar um lugar seguro, chame imediatamente o corpo de bombeiros e só abandone o veículo em último caso", comenta Ribeiro.


Além do perigo ao motorista, o carro também pode sofrer com a água. O calço hidráulico acontece quando uma grande quantidade de água, ou até mesmo combustível, entra nos cilindros e impede o funcionamento dos pistões, o que pode parar o motor. Em baixa velocidade e não trocando a marcha, o motor geralmente é o único prejudicado, já em alta velocidade no alagamento, outros prejuízos podem ocorrer, explica o engenheiro.


Os prejuízos com a passagem do carro dentro de enchentes podem ser irreversíveis, colocando em risco a saúde do veículo. Isso pode vir a ocasionar a perda total do automóvel. Até mesmo veículos grandes e 4x4 como jipes, não devem arriscar a passagem em vias alagadas. 

 

Leia também: Temporal volta a alagar SP

Experimente ter monitoramento em tempo real da sua fazenda

+ mais notícias